Bom negócio? Juventus e Milan estudam acordo por troca de jogadores

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Ainda faltam algumas rodadas para o encerramento da Serie A Tim, mas as principais potências do futebol italiano já começam a planejar a próxima temporada, dentre elas Milan e Juventus, que hoje preenchem o G-4 da competição. Com boas chances de se classificarem à próxima Champions, os dois rivais pensam em reforços pontuais para seus respectivos elencos e podem, inclusive, adotar um expediente comum em meio ao cenário de dificuldades financeiras que atinge o futebol mundial: a troca de jogadores.

De acordo com a apuração do jornalista Romeo Agresti (Goal.com), Milan e Juventus estudam a possibilidade de uma troca simples de jogadores, com o atacante Federico Bernardeschi rumando ao Rossonero e o zagueiro Alessio Romagnoli se transferindo à Turim. Ambos vivem momento de aparente desgaste em seus respectivos clubes e podem ver com bons olhos a possibilidade de um 'recomeço' com uma nova camisa.

Apesar de ostentar a faixa de capitão, Romagnoli está em baixa no Milan | Claudio Villa./Getty Images
Apesar de ostentar a faixa de capitão, Romagnoli está em baixa no Milan | Claudio Villa./Getty Images

Os dois jogadores têm contrato de validade equivalente - até meados de 2022 -, e são agenciados pelo mesmo empresário: Mino Raiola. Além disso, o valor de mercado dos dois é bem semelhante: enquanto que o atacante de 27 anos é avaliado em 20 milhões de euros, o defensor de 26 anos vale algo em torno de 30 milhões de euros. É possível que a Juventus precise, portanto, pagar alguma compensação em dinheiro ao Milan para selar o negócio em termos mais justos.