Bom momento de Vinícius Jr no Real não é surpresa para gerente do Flamengo: 'Não perdeu a humildade'

Matheus Dantas
LANCE!


A bola voltou a rolar no Campeonato Espanhol, após a paralisação por conta da pandemia do coronavírus, e Vinícius Júnior, com atuações de destaque, vem se consolidando entre as principais armas ofensivas do Real Madrid. A boa fase do atacante, contudo, não chega a ser uma surpresa para quem conviveu com o jovem no Ninho do Urubu. É o caso de Carlos Noval, gerente de transição, que participou da formação de Vini nas divisões de base e time principal do clube.

- Com certeza não (surpreende o bom momento do Vinícius Jr). Quem conviveu com ele, quem ajudou na formação dele, sabia que isso aconteceria, que em um futuro ele estará entre os melhores do mundo. Tem 19 anos ainda, e tem muito a evoluir. Está se desenvolvendo bem e, sem dúvida, que vai estar entre os concorrentes aos melhores do mundo no futuro - comentou Noval ao L!.


Carlos Noval já trabalhava no Flamengo quando Vinícius Júnior chegou ao clube, em 2010. O dirigente, que ocupou diversas funções nas categorias de base rubro-negra até 2018, quando foi alçado ao cargo de diretor de futebol - hoje é gerente de transição -, mantém uma relação próxima com o atacante do Real Madrid e sua família. Costumam trocar mensagens após as partidas do jovem sob o comando de Zidane.

Recentemente, há cerca de duas semanas, os dois participaram de uma videoconferência com atletas do Sub-14 do Flamengo, em que Vinícius Jr pôde dividir um pouco de sua história no Rubro-Negro com os "garotos do Ninho".

- O Vinícius conversou com todos eles, e os garotos adoraram. Foi uma dinâmica bacana. Entrei na sala também, brinquei com o Vinícius, e ele contou da sua história no clube, de quando ele chegou, da importância que o Flamengo teve na vida dele. Foi muito legal - contou o gerente do Flamengo.



Confira outras respostas de Carlos Noval ao LANCE!:

O Vini está vivendo um momento especial no Real Madrid. Tem falado com ele?

Temos um contato muito próximo, nos falamos direto, falo com sua família também. Depois dos jogos nos trocamos mensagens, vemos o que é possível melhorar.


É uma satisfação pessoal ver um dos atletas moldados no Ninho do Urubu se destacando no Real Madrid, um dos gigantes europeus?


Sem dúvida. Não só para mim, mas para todos da base que participaram da formação dele. Eu, como gestor, tenho que tirar o chapéu para todos técnicos e coordenadores que trabalharam com ele. Pelo aprendizado e paciência que tiveram com ele. Sempre foi um menino que, desde pequeno, a gente podia ver: "esse vai chegar lá", Pelo foco, pela determinação e paixão que tem para o futebol. E não perder a humildade, segue o mesmo, muito focado.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também