Jair Bolsonaro afirma que irá vetar auxílio emergencial extra de R$ 600

Yahoo Notícias
Bolsonaro irá vetar auxílio emergencial extra (AP Photo/Eraldo Peres)
Bolsonaro irá vetar auxílio emergencial extra (AP Photo/Eraldo Peres)

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que irá vetar a possível decisão do Congresso Nacional de elevar de R$300 a R$600 as duas parcelas extras de auxílio emergencial que o governo havia se disposto a pagar por conta da crise do coronavírus

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Na Câmara, por exemplo, vamos supor que chegue uma propostas de duas [parcelas] de R$300. Se a Câmara quiser passar para R$400, R$500 ou voltar para R$600, qual vai ser a decisão minha? Para que o Brasil não quebre? Se pagar mais duas de R$600 vamos ter uma dívida cada vez mais impagável. É o veto”, afirmou o presidente em sua live semanal.

Leia também

O argumento contradiz o ministro Paulo Guedes (economia) que confirmou que o governo pagará mais duas parcelas do auxílio emergencial aos  trabalhadores e irá lançar o Renda Brasil, projeto de renda mínima. Além de retomar o programa Verde Amarelo, que prevê impulsionar empregos e flexibilizar contratos. 

Leia também