Bolsonaro nomeia Mário Frias secretário da Cultura

Yahoo Notícias
Mário Frias (Divulgação)
Mário Frias (Divulgação)

Em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta (19), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou a nomeação do ator Mário Frias para a chefiar a Secretaria Especial de Cultura, cargo antes ocupado por Regina Duarte.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O presidente chegou a sondar outros nomes para a Secretaria de Cultura, mas acabou confirmando o ator. Os dois se reuniram para confirmar a nomeação nesta quinta (18), no Palácio do Planalto. 

Leia também

Mário Frias intensificou a defesa ao governo nas redes sociais nos últimos dias. O ator ficou conhecido por participar da novela adolescente Malhação, da Rede Globo, no final dos anos 1990.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Em uma rede social, ele resumiu sua carreira: “A história de um jovem brasileiro que nos encanta na telinha desde 1996”.

“OBSCURANTISMO” 

A nomeação de Mário Frias como secretário Especial de Cultura é vista com desconfiança por parlamentares e líderes partidários.

Na avaliação do senador Fabiano Cantarato (Rede-ES), a secretaria ainda deve atravessar um longo inverno de obscurantismo. 

“Se a gestão ruidosa de Regina terminou, o mesmo não se pode dizer sobre o obscurantismo na Cultura, que ainda atravessará um longo inverno”.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também