Bolsonaro fica em silêncio diante de militares no primeiro evento público após derrota

*** FOTO DE ARQUIVO *** RIO DE JANEIRO, RJ, 30.10.2022 - O candidato a reeleição para à Presidência da República, Jair Bolsonaro, vota na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na vila militar, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** RIO DE JANEIRO, RJ, 30.10.2022 - O candidato a reeleição para à Presidência da República, Jair Bolsonaro, vota na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na vila militar, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

RESENDE, RJ (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro ficou em silêncio neste sábado (26) em seu primeiro evento público desde a derrota na eleição.

Ele participou da cerimônia de formatura de aspirantes a oficiais do Exército, na Aman (Academia Militar das Agulhas Negras), mas não discursou no encerramento do evento, como tradicionalmente fez durante seu mandato.

Bolsonaro foi aplaudido por alguns dos familiares e convidados dos aspirantes a oficiais ao entrar no pavilhão da Aman. Alguns também tiraram foto dele no palco, local em que ficou por toda a cerimônia.

O presidente recebeu agradecimento do general Marco Antônio Freire Gomes , comandante do Exército, por sua presença no evento.

"Estou seguro de que sua dignidade, seu culto à família, seu amor ao Brasil e inabalável fé em Deus serão referências na pavimentação dos caminhos que os jovens à sua frente trilharão a partir de hoje" disse o comandante.

Bolsonaro frequenta eventos na Aman desde que era deputado federal. Em 2014, foi num desses eventos que sinalizou pela primeira vez a intenção de disputar a Presidência, em conversa com cadetes filmada e divulgada em suas redes sociais.