Bolsonaro diz que ficará neutro caso Santos e Palmeiras disputem a final da Libertadores

Fábio Lázaro
·1 minuto de leitura


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou que manterá a neutralidade caso Santos e Palmeiras, únicas equipes brasileiras nas semifinais da Conmebol Libertadores, disputem a final da competição.

Torcedor do Palmeiras, o presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve presente na Vila Belmiro, estádio santista, nesta segunda-feira (28) para o evento "Natal Sem Fome", jogo beneficente organizado pelo ex-jogador do Peixe, Narciso. O chefe do Executivo, inclusive, atuou por cinco minutos e marcou um gol.

-Eu já fui convidado, estarei na final, no Maracanã. Eu vou seu neutro - disse Bolsonaro.

Jair Bolsonaro passará a última semana de 2020 na Baixada Santista. O presidente chegou no início desta tarde ao Forte dos Andrades, no Guarujá, onde passará o fim de ano.

A decisão da Conmebol Libertadores está prevista para o dia 30 de janeiro, em jogo único, a ser realizado no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Entre os dias 05 e 13 de janeiro acontecem às semifinais, de um lado o Santos enfrenta o Boca Juniors (ARG) e do outro o Palmeiras encara o River Plate (ARG).