Bolsonaro deixa isolamento do coronavírus e participa de ato pró-governo

Yahoo Notícias
(SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
(SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)

Apesar de ter pedido que seus apoiadores não fossem aos atos deste domingo (15), por causa da crise do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro participou das manifestações que ocorrem em Brasília. Ele deixou o Palácio da Alvorada por volta do meio-dia e seguiu para a Esplanada dos Ministérios, onde um grupo de apoiadores realiza o ato.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Questionado, o Planalto diz que Bolsonaro está cumprindo "agenda pessoal".

Leia também

O presidente não desceu do comboio presidencial e, de carro, passou a ser seguido por veículos com simpatizantes. O comboio segue agora numa espécia de carreata improvisada, no Eixo Monumental de Brasília, rumo ao Estádio Nacional.

Durante o percurso, motoristas simpatizantes, muitos com a bandeira do Brasil em seus veículos, cumprimentam o presidente e buzinam para saudá-lo. Bolsonaro mantém o vidro de seu carro fechado.

Apoiadores seguiram insistido em promover os protestos e iniciaram um movimento nas redes sociais: #DesculpeJairMasEuVou.

Apesar de terem divulgado o adiamento das manifestações, os movimentos organizadores afirmavam não ter controle sobre as ruas e alegavam que fizeram sua parte. Desde o recuo, na noite de quinta (12), os grupos de direita estão sendo atacados e chamados de covardes nas redes sociais.

O próprio presidente, na manhã deste domingo, passou a incentivar as manifestações em suas redes sociais. Ele postou imagens de atos a favor do governo em Belém, Rio, Brasília, Volta Redonda, Parnaíba (PI) e Ribeirão Preto. A manifestação em São Paulo está prevista para o início da tarde na avenida Paulista.

Alfinetada em Maia nas redes

O presidente também manifestou apoio em suas redes sociais às manifestações realizadas neste domingo contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) nas redes sociais.

Um dos posts indicando manifestação em Macéio (AL) mostra uma foto com faixas " Fora Maia" e com imagem do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, no entanto o ato é em Belo Horizonte.

Durante toda a manhã, o presidente divulgou fotos e vídeos da manifestação pelo país. Primeiro, mostrou uma passeata em Belém, no Pará, e de Brasília. Também apresentou imagens da Piauí, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Com FOLHAPRESS e AGÊNCIA O GLOBO

Leia também