Bolsonaro comemora resultado do PIB: 'veio em boa hora'

Yahoo Finanças
Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images
Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images

O presidente da República, Jair Bolsonaro, comentou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) revelado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na manhã desta terça-feira (3). Segundo ele, a notícia veio “em boa hora”.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

“É algo inesperado para os analistas econômicos, mas, da nossa parte sabíamos que viria uma boa notícia, e ela veio numa boa hora”, afirmou o presidente durante um discurso no fórum “O controle no combate à corrução”, promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU).

Leia também

O resultado da economia também fez o dólar cair. Às 10:14, o dólar recuava 0,21%, a 4,2049 reais na venda. A moeda norte-americana chegou a tocar os 4,1918 reais na mínima do dia, seguindo o ritmo de queda iniciado um dia antes.

O dólar à vista fechou a segunda-feira em queda de 0,63%, a 4,2139 reais na venda, deixando para trás as máximas históricas da semana passada.

"Essa queda do dólar é a reação ao PIB, que veio acima do esperado", explicou Jefferson Laatus, sócio fundador do Grupo Laatus, à Reuters. "Isso deu uma boa tranquilizada no dólar momentaneamente", disse.

Responsável por quase dois terços do PIB, o consumo das famílias puxou o crescimento da economia no trimestre. Base da recuperação econômica após a recessão iniciada em 2014, o consumo das famílias brasileiras cresceu 0,8% no terceiro trimestre de 2019, em relação aos três meses anteriores.

Os investimentos na economia brasileira cresceram 2% no terceiro trimestre de 2019 em relação ao trimestre anterior. A taxa de investimento, no entanto, se manteve em 16,3% do PIB nos dois trimestres, uma proporção baixa se comparada com a de outros países.

Com informações de Reuters e Valor.

Leia também