Bolsonaro se aproxima de Collor, que pode ganhar espaço no governo

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
(EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
(EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Fernando Collor, atualmente senador pelo PROS, estão cada vez mais próximos. Na última quinta-feira (28), o congressista acompanhou o chefe do Executivo a uma viagem ao Nordeste.

Collor, que foi alvo de impeachment quando presidente da República, disse que Bolsonaro está vivendo uma “tempestade do nada” que logo passará porque “seu capote é robusto”.

Leia também

De acordo com o portal G1, a defesa do governo feita por Collor tem chamado a atenção de assessores presidenciais, que defendem que o ex-presidente seja escalado para ajudar o governo, por exemplo, nas relações exteriores e questões ambientais.

Os elogios de governistas a Collor cresceram na semana passada, após ele recusar participar do evento de ex-presidentes pela vacinação, organizado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

O Planalto gostou da negativa de Collor ao adversário político do presidente. Outros três ex-presidentes, José Sarney, Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer, participaram do evento.