Bola de Ouro, Messi fala em aposentadoria e amor ao Barcelona

O craque argentino também lembrou da importância de conquistar taças como equipe
O craque argentino também lembrou da importância de conquistar taças como equipe

Lionel Messi voltou a fazer história, e nesta segunda-feira (02) tornou-se o primeiro jogador na história a ter conquistado seis Bolas de Ouro.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na hora do discurso, dado na cerimônia realizada em Paris, após ter batido Virgil van Dijk e Cristiano Ronaldo, pela primeira vez o craque argentino começou a imaginar sua aposentadoria.

Leia também:

“Eu me lembro que há dez anos eu vim aqui para Paris (para receber sua primeira Bola de Ouro) e aquilo era impossível. Eu me lembro de ter vindo com meus irmãos. Agora eu venho em um momento pessoal e maravilhoso, com minha mulher e meus filhos. Como disse minha esposa, eu nunca deixei de sonhar”.

“Sei da idade que tenho (32 anos), que a aposentadoria está cada vez mais perto e por isso valorizo mais. Mas ainda tenho alguns anos para seguir curtindo”.

Depois, o craque argentino voltou a mostrar o discurso corriqueiro nas últimas temporadas de Barcelona: o de querer sempre mais. E este “mais” tem nome: Liga dos Campeões. A última vez que Messi levantou a principal competição da Europa foi em 2015, e desde então a equipe catalã sofreu eliminações traumáticas no certame.

“Ao ver estes troféus eu fico feliz pelo momento pessoal que eu vivo, e no esportivo eu busco me superar e não ficar conformado. Eu tento lutar por tudo, mais por títulos em equipes do que pelos individuais. Nem sempre dá para conseguir, mas tem que saborear as tentativas”.

“É uma honra fazer parte da história do melhor clube do mundo, o clube que eu tanto amo”.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter

Leia também