Bateu no braço? Veja o gol do Cruzeiro anulado contra o Operário e a expulsão de Vanderlei Luxemburgo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O empate em 1 a 1 entre Cruzeiro e Operário-PR, na noite desta quinta-feira, pela Série B do Brasileiro, terminou em confusão por conta de polêmica com arbitragem. Isso porque o juiz Rodrigo Dalonso, com o auxílio do VAR, anulou um gol de Marcelo Moreno aos 52 minutos do segundo tempo alegando que a bola bateu no braço de Marco Antônio, que deu a assistência para o atacante. Veja o lance no vídeo acima!

+ Veja a tabela da Série B e simule os resultados dos jogos

A revisão da jogada demorou cerca de 15 minutos, criando uma grande confusão entre os jogadores e comissões técnicas das duas equipes. Ao cobrar o árbitro, o técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, acabou sendo expulso. O treinador ainda demorou a descer para o vestiário e seguiu falando com Rodrigo Dalonso por um tempo. Veja no vídeo abaixo:

A Raposa volta a campo no domingo, 19 de setembro, às 16h, contra o Vasco. O time mineiro está com 30 pontos, na 12ª posição, 11 a menos do que o quarto colocado CRB. Se não houver efeito suspensivo, Luxa não poderá estar no banco diante do Cruz-maltino.

Luxemburgo saiu de campo revoltado com o árbitro Rodrigo Dalonso
Luxemburgo saiu de campo revoltado com o árbitro Rodrigo Dalonso

Luxemburgo saiu de campo revoltado com o árbitro Rodrigo Dalonso-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos