Bola da Copa do Mundo, Al Rihla tem cinco modelos e versão oficial custa quase um salário-mínimo

Al Rihla, a bola da Copa do Mundo, está à venda em cinco versões em site da Adidas (Foto: Divulgação/Adidas)


Muito se fala dos craques mundiais que são relacionados para o maior torneio de futebol do planeta. Porém, a grande protagonista do jogo às vezes acaba passando despercebida: a bola oficial do torneio. Para a edição deste ano, a Fifa já lançou a Al Rihla, que já está sendo comercializada em cinco modelos no site oficial da Adidas, a criadora do design, e em outros sites especializados. A versão oficial, ou seja, a que será utilizada nas partidas, custa R$ 999,99.

+ Veja a Galeria com todas as bolas de Copas do Mundo

O valor da Al Rihla é apenas R$ 212,01 abaixo do salário-mínimo no Brasil, que hoje é R$ 1212,00. Ou seja, o brasileiro que quiser ter uma versão oficial da Al Rihla vai precisar desembolsar um valor salgado. Porém, a Adidas resolveu lançar outros quatro modelos que se tornam um pouco mais acessíveis para o grande público. Além da oficial, a empresa lançou os modelos Treino, Salão, Liga e Minibola.

O modelo Treino custa R$ 179,99, enquanto o Liga sai por R$ 249,99. A versão de “A Jornada” para o Salão está saindo por R$ 199,99. Para se ter ideia do elevado valor lançado pela empresa sobre a bola nova da Copa do Mundo, a Jabulani, considerada uma das mais famosas da história das Copas, utilizada na África do Sul no Mundial de 2010, pode ser encontrada à venda para colecionadores por valores que variam de R$ 700 a R$ 900.

A bola lançada pela Adidas em 2020 é a primeira pelota de Copa do Mundo desenvolvida exclusivamente com tintas e colas à base de água. As cores escolhidas são inspiradas na cultura, arquitetura, barcos icônicos e na bandeira do Qatar.

EXEMPLARES ANTIGOS SUPERVALORIZAM

Se a Jabulani de 2010 é encontrada em preços mais em conta, devido a raridade, não se pode dizer o de exemplares como a Fevernova, bola do Mundial de 2006, realizado na Alemanha, e da Questra, Bola do Mundial de 1994 nos Estados Unidos. A protagonista de 2006 está na internet à venda por cerca de R$ 5.000,00, enquanto a do Mundial em que Brasil foi tetracampeão pode ser encontrada por valores que passam dos R$ 10.000,00.

O modelo oficial da Brazuca, utilizada em 2014 no Brasil, também pode ser adquirida por preços mais generosos. Há ofertas em sites de compra e venda que variam de R$ 700 a R$ 1.200. Vale ressaltar que a Brazuca foi a bola utilizada na fatídica semifinal no Mineirão, quando o Brasil foi derrotado pela Alemanha por 7 a 1.