'Bodão' vence no UFC Londres e enterra rivalidade em tira-teima

Com duas lutas canceladas em cima da hora, o card preliminar do UFC Londres, evento realizado neste sábado (18) na capital inglesa, foi mais curto e dinâmico. E com menos ‘concorrência’, os brasileiros Vicente Luque e Francimar ‘Bodão’ tiveram a oportunidade de se destacarem diante dos fãs ingleses e e elevarem seus nomes na organização. Mas em apresentações apáticas, apenas o atleta da Nova União garantiu o triunfo.

Fazendo a quarta luta do show, Luque começou melhor e com boas defesas de quedas e contragolpes superou o ídolo local Leon Edwards na primeira etapa tanto em volume de golpes como em domínio territorial. Vantagem que pareceu consumir sua energia, tanto que o brasileiro caiu de rendimento e cedeu aos ataques do rival no rounds seguintes.

Derrubado nos dois últimos assaltos e sem pressão nos golpes, Luque acabou acuado na grade e se mostrou sem forças para reagir. Derrota clara por decisão unânime dos jurados que deu fim à sequência de quatro triunfos do brasileiro no evento.

Por sua vez, Bodão travou uma guerra de nervos com Darren Stewart. Em reencontro do duelo realizado em 2016 e que acabou sem vencedor por causa de uma cabeçada ilegal do meio-pesado (93 kg) inglês, o brasileiro levou a melhor nos dois últimos assaltos com sucessivas quedas. No entanto, o combate não agradou o público, que esperava mais movimentação dos competidores.

Lutas canceladas 

Depois de não bater o peso dos galos (61 kg) na última sexta, Ian Entwistle passou mal pela manhã e foi hospitalizado, o que deixou seu rival Brett Johns sem adversário para o card. Situação semelhante a de Tom Breese, que enfrentaria Oluwale Bamgbose, que foi encaminhado ao hospital devido a problemas de saúde ainda não divulgados.

Acompanhe os resultados do UFC Londres:

Francimar ‘Bodão’ venceu Darren Stewart por decisão unânime;
Timothy Johnson venceu Daniel Omielańczuk por decisão divida;
Leon Edwards venceu Vicente Luque por decisão unânime;
Marc Diakiese nocauteou Teemu Packalén no 1º round;
Scott Askham venceu Bradley Scott por decisão dividida;
Lina Länsberg venceu Lucie Pudilova por decisão unânime.