Boca provoca confusão e quebra-quebra no Mineirão, e jogadores vão parar na delegacia

·2 minuto de leitura


Após a classificação do Atlético-MG nos pênaltis em cima do Boca Juniors (3 a 1 após 0 a 0 no tempo normal), houve uma grande confusão que começou na entrada do vestiário do Mineirão, iniciada pela delegação argentina. Nas imagens, se vê jogadores e pessoas que estavam com o Boca jogando grades e fazendo quebra-quebra.

- Após o jogo, os atletas do Boca desceram o túnel e foram para o vestiário dos visitantes. Poucos minutos depois, jogadores e comissão técnica da equipe argentina saíram do local e, em bloco, partiram em direção ao vestiário dos árbitros. Seguranças do Galo e Mineirão tentaram, sem sucesso, contê-los - explicou o Atlético-MG por suas redes sociais, completando depois:

- Os argentinos decidiram, então, invadir o vestiário do Galo, onde estavam jogadores, comissão e diretoria.

+ Veja o chaveamento da Libertadores nas quartas de final

O imbróglio aumentou, se espalhando por outras áreas internas do estádio e só teve fim com a intervenção da polícia militar mineira. Os argentinos reclamaram que a PM usou gás de pimenta na delegação do Boca. Até o presidente Sérgio Coelho esteve envolvido, com uma movimentação de briga próximo a ele.

- Até o presidente Sérgio Coelho tentou impedir a invasão para proteger os profissionais do Atlético. No caminho, atacaram (delegação do Boca) todos que encontraram pela frente, além de quebrar bebedouros e grades de proteção. A PM chegou depois de algum tempo e afastou os agressores com gás de pimenta - informou o Galo.

Um atleta do Boca pegou um extintor de incêndio e usou como arma para a briga. De acordo com o Atlético-MG, a PM levou a delegação argentina para registrar boletim de ocorrência na delegacia por depredação de patrimônio e agressão.

- Depois de longa negociação, intermediada pelo presidente Sérgio Coelho, a delegação argentina foi à delegacia para registro de boletim de ocorrência por depredação de patrimônio e agressão. Ninguém será detido - disse o Galo.

Confira nos vídeos da matéria a briga depois que o Galo garantiu sua vaga nas quartas de final da Libertadores.

*Matéria atualizada à 1h10

O nível da confusão armada pelos argentinos foi tão baixo, que um jogador da equipe argentina pegou um extintor de incêndio para brigar
O nível da confusão armada pelos argentinos foi tão baixo, que um jogador da equipe argentina pegou um extintor de incêndio para brigar

Um jogador da equipe argentina pegou um extintor de incêndio para brigar (Reprodução/Redes sociais)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos