Boca Juniors pode eternizar, na camisa, primeiro título vencido por seu time feminino; entenda

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Inapelável, implacável e dominante. Se estabelecendo como principal potência do futebol feminino na Argentina desde a profissionalização no país, o Boca Juniors atropelou todos os seus rivais no Campeonato Argentino Feminino, conquistando de modo épico sua primeira taça na modalidade: goleada de 7 a 0 contra o arquirrival River Plate, em partida disputada no Estádio José Amalfitani, na última terça-feira (19).

A taça conquistada de forma invicta e com vareio de bola sobre o maior adversário foi amplamente celebrada pelo Boca e, como destaca o jornal 'O Dia', pode acabar sendo eternizada pelo clube em sua própria camisa. Isso porque o gigante xeneize estuda a possibilidade de inserir a estrela de número 70 em seu escudo, que carrega hoje 69 estrelas referentes aos títulos pioneiros do clube (domésticos e continentais inclusos).

Boca Juniors v River Plate - Women's First Division 2020/21 | Pool/Getty Images
Boca Juniors v River Plate - Women's First Division 2020/21 | Pool/Getty Images

A fonte citada ainda noticia que um comitê formado por integrantes do Boca Primeiro, movimento popular de torcedores do clube, solicitou à diretoria a inclusão de mais uma estrela no escudo: a conquista da Copa Diego Armando Maradona, competição vencida pelo time masculino no último domingo (17), quando superou o Banfield nas penalidades na grande decisão.