Bodyboarder brasileiro morre pegando ondas no México

Yahoo Esportes
Um dos últimos registros de Rafael Piccoli (Edwin Morales)
Um dos últimos registros de Rafael Piccoli (Edwin Morales)

O bodyboarder brasileiro Rafael Piccoli foi encontrado morto nesta terça (14) na praia de Marinero, no México, após sofrer um acidente enquanto pegava ondas na praia de Puerto Escondido, que fica ao lado de Marinero.

A praia de Puerto Escondido é conhecida pela força de suas ondas tubulares e no momento em que Rafael surfava, elas passavam de três metros de altura. O brasileiro tentou pegar um tubo, mas a onda acabou se fechando.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A causa da morte ainda não foi confirmada. Mas de acordo com a Revista Hardcore, o atleta pode ter sofrido uma lesão na cabeça ou no pescoço por causa do impacto das ondas ou do fundo da areia.

Rafael tinha 38 anos e morava em Florianópolis, onde costumava surfar no Norte da Ilha.

Outro bodyboarder brasileiro, Kalani Lattanzi, estava no local e postou em seu Instagram a última onda registrada de Rafael. “Conheci o Rafa cinco dias atrás com um sorrisão no rosto após surfar altas ondinhas, sua energia era contagiante uma pessoa totalmente do bem”, escreveu Lattanzi. As imagens foram feitas pelo fotógrafo Edwin Morales, que também fez um post em sua conta: “É uma lástima perder um irmão mar. Te foi fazendo o que mais gostava. Não podia dormir por causa da ansiedade de surfar neste dia”.

Mais no Yahoo Esportes:

Leia também