Boa atuação de reservas do Santos coloca ‘dor de cabeça’ em Dorival

Após acumular uma sequência com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos de Campeonato Paulista, o Santos contou com brilho dos reservas para golear o São Bernardo por 4 a 1, neste domingo, no ABC, pela oitava rodada do Estadual.

Com apenas três dias de recuperação após o empate em 1 a 1 com o Sporting Cristal, no Peru, pela estreia na Libertadores, o técnico Dorival Júnior decidiu poupar os principais atletas para o duelo diante do Bernô, pensando no segundo compromisso pelo torneio continental, na próxima quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o The Strongest, na Vila Belmiro.

Porém, após as boas atuações dos reservas, principalmente de Bruno Henrique e Vladimir Hernández, o comandante ganhou uma ‘dor de cabeça boa’ para montar a equipe titular diante dos bolivianos.

“Não vieram aqui por acaso. De modo geral, a equipe teve atuação boa. Vladimir Hernández estreou na quinta, daqui a pouco terá melhores condições. Tudo é questão de tempo”, disse Dorival, que também aproveitou para explicar que a exaustante volta do Peru foi o principal motivo para poupar os titulares.

“Jantamos 2h30 da manhã na sexta-feira. Para acordar às 5h. Chegamos em Santos 21h30. O dia todo viajando. Esses jogadores só conseguiriam jogar o primeiro tempo. Não dá para correr esse risco. Só dois poderiam jogar. Para jogar dois, preferimos usar o time que ficou trabalhando na semana. Acho que isso é ponto positivo desse grupo. Mas temos a consciência que precisamos de muito na competição”, concluiu o treinador.