Bitcoin tem forte alta e supera os US$ 10 mil

Yahoo Finanças
Bitcoin: começo de semana em alta. (Foto: Getty Images)
Bitcoin: começo de semana em alta. (Foto: Getty Images)

A moeda digital Bitcoin começou a semana com uma forte alta, que colocou o seu preço acima da barreira dos US$ 10 mil. A cotação da criptomoeda não atingia esse patamar desde o dia 1 de junho.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Finanças no Google News 

No momento de fechamento deste texto, a alta acumulada em 24 horas era de quase 4%. Ainda assim, o preço está bem abaixo do recorde de quase US$ 20 mil atingido em dezembro de 2017.

Leia também

O Bitcoin é uma forma de moeda digital criptográfica, sem controle de um órgão central e sem lastro, cujo valor vem de sua escassez, de seu modelo de “produção” baseado em processamento de algoritmos criptográficos, e de sua rede de segurança.

A atual valorização do bitcoin segue a recente disparada do ouro no mercado internacional, visto como um investimento seguro ao qual investidores recorrem em cenários de incerteza, como o atual, devido às tensões entre Estados Unidos e China, além da crise do novo coronavírus. 

O bitcoin é visto por muitos investidores, por sua semelhança no valor pela escassez, como um tipo de “ouro digital”, mas até hoje essa narrativa não foi comprovada pelos movimentos díspares de valorização entre o ouro e o Bitcoin. Especialistas argumentam que a imaturidade dos mercados das criptomoedas seja uma das principais causas dessa diferença.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no InstagramFacebookTwitter e YouTube

Leia também