Bisping usa Woodley x Thompson para garantir que GSP não tem chance de vencê-lo

Michael Bisping é o atual campeão peso-médio (84 kg) do UFC - Florian Sädler

No último sábado (4), Tyron Woodley derrotou Stephen Thompson em sua segunda defesa de cinturão em um duelo que foi considerado o pior do UFC 209, evento realizado em Las Vegas (EUA). Se o excesso de cautela por parte dos atletas fez com que o combate se tornasse morno e fosse criticado pelos fãs, para Michael Bisping, campeão dos pesos-médios (84 kg), deixou evidente que Georges St-Pierre, que lhe enfrentará em seu retorno ao octógono, não tem a mínima chance de vitória. Afinal, ‘Chosen One’ e o ‘Wonderboy’  são dois dos melhores atletas meio-médios (77 kg) do mundo, categoria que consagrou GSP.

Em entrevista ao site ‘TMZ’, Bisping reconheceu que o duelo entre Woodley e Thompson foi “tático”, mas criticou a luta como um show. E pensando em seu próximo adversário – que foi o maior campeão da história dos meio-médios no UFC -, o inglês apontou que GSP não está mais no nível dos melhores de sua categoria e que por isso será arrasado ao subir no octógono para se apresentar em outra divisão.

“Vamos ser honestos. A luta foi tática mas não foi satisfatória. Se eles são os melhores meio-médios do mundo, então eu vou acabar com o GSP. Isso é fato. Se eles são os melhores meio-médios do mundo, o GSP está indo para o seu funeral em breve”, declarou.

Após passar mais de três anos afastado do octógono, GSP acertou o seu retorno ao Ultimate. O atleta enfrentará Bisping em um duelo valendo o cinturão dos médios. Até o momento, ainda não foi anunciado local ou data para o combate.