Bisping garante que Maywather tomou golpe milionário antes de pedir luta com McGregor

Michael Bisping - Florian Sädler

Especulado para acontecer no próximo dia 10 de junho, data em que o maior ginásio da cidade de Las Vegas (EUA) já teria sido reservado, o duelo entre Conor McGregor e Floyd ‘Money’ Mayweather segue uma incógnita e à espera da aprovação de Dana White e dos donos do UFC, que possuem contrato com o irlandês e parecem querer uma fatia generosa dos lucros da disputa. O que ninguém saberia, no entanto, é a real motivação do pugilista americano para retornar da aposentadoria e travar o inusitado confronto.

Em entrevista ao podcast ‘Believe You Me’, Bisping afirmou que Mayweather, na verdade, estaria de olho em uma chance para reaver uma quantia milionária que ele teria perdido após ser engando em algum tipo de transação realizada a cidade americana onde vive.

“Gostaria de ver essa luta. Todos vão fazer muito dinheiro e eu ficaria feliz por isso. Se o pote for muito grande e todos tiverem uma parte boa, eles não vão dizer não. Espero que aconteça. Acho que vai acontecer. Em junho? Não sei, talvez seja muito cedo. Pelo que eu entendi quando eu estava falando com alguém em Las Vegas, é que o Floyd foi enganado e perdeu muito dinheiro. Uma quantidade de dinheiro muito grande. Eu não acho que ele precise de dinheiro, mas deve querer recuperar o que levaram dele. Mas isso foi o que eu ouvi de um amigo do amigo do amigo”, narrou o inglês, campeão dos médios (84 kg) do UFC.

Apesar da imprecisão da história, Bisping tratou de adicionar um curioso capítulo aos bastidores da hipotética luta que reuniria os maiores vendedores de pay-per-view da história do boxe e do MMA em uma disputa no ringue. Resta saber se o confronto, de fato, sairá do papel.