Bisping dá ultimato a GSP e convoca Romero caso o canadense não aceite

Michael Bisping e Georges St_Pierre fcaram frente a frente pela primeira vez - Diego Ribas

O Ultimate oficializou e até já realizou uma coletiva de imprensa para anunciar que Michael Bisping defenderá seu cinturão dos médios (84 kg) diante de Georges St-Pierre. Mas, apesar de dada como certa, parece que o combate ainda corre risco de não acontecer. Ao menos foi o que garantiu o atual dono do título.

De acordo com o inglês, a data que estava sendo planejada para este combate acontecer seria a do dia 8 de julho, durante a Semana Internacional da Luta, em Las Vegas (EUA). Acontece que, ainda segundo Bisping, GSP estaria tentando atrasar o duelo para dois ou três meses depois, e o campeão não parece estar muito feliz com essa ideia.

“Dia 8 de julho, Las Vegas, Semana Internacional da Luta é a data e o evento que estamos mirando. Mas Dana [White] não confirmou essa data na coletiva. Mas eu vi o Dana algumas semanas depois quando estava trabalhando na FOX e ele disse que continuam esperando por 8 de julho. Longa história, mas parece que GSP está tentando empurrar para uma data mais tarde. Ouvi rumores de que ele queria entre setembro e outubro. Mas estou apenas falando isso aqui, se ele quer esperar até setembro ou outubro, então ele pode arrumar outro oponente, cara. Porque eu chamo as lutas. Eu sou o campeão e não estou disposto a ficar sentado esperando até setembro ou outubro”, garantiu Bisping em seu próprio podcast.

“Essa luta foi discutida em janeiro. Um camp leva apenas oito ou seis semanas. Lutar em setembro ou outubro é ridículo. 8 de julho é a data. Serei um pouco flexível e talvez passe um pouco essa data, mas quero lutar na Semana Internacional da Luta. Então entenda, GSP. Pare de fazer a porcaria da sua ginástica, pare com esses backflips ou qualquer coisa, cara. Venha e assine o papel. Eu quero isso. Você se sentou na coletiva. Você falou grande. Você pareceu confiante, então assine o documento. Simples assim”, continuou.

Apesar de parecer mais uma pressão no canadense do que de fato uma intenção de Bisping, o inglês garantiu que possui até um plano B para caso GSP realmente opte por não atuar em julho. Yoel Romero, atual número 1 entre os desafiantes dos médios e um dos atletas que ficou mais desapontado com o casamento desta luta, seria o alvo do atual campeão.

“Se ele não estiver pronto, acredito que Yoel Romero pegue o title shot. Ouçam, eu não estou com medo do Yoel Romero. Se o GSP quer lutar, claro, tem uma grande história ali… Mas eu não estou disposto a sentar e não pegar lutas. É o meu cinturão e eu quero lutar. Estou no meu melhor. Não quero esperar por um ano”, encerrou.

É esperar para ver…