Billie Eilish vê racismo no Grammy: "se eu não fosse branca, estaria na categoria rap"

Yahoo Vida e Estilo
Billie Eilish (Photo by Jim Dyson/Redferns)
Billie Eilish (Photo by Jim Dyson/Redferns)



Tyler, The Creator questionou recentemente o uso da palavra "urban" ("urbano") no Grammy, alegando que a categoria segregava os negros. Em entrevista à GQ britânica, Billie Eilish diz que concorda com a posição do rapper e explicou por que vê racismo na cerimônia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Foi uma coisa tão legal que Tyler disse e eu concordo com ele sobre esse termo. Não julgue um artista pela forma que ele parece ou como se veste. Lizzo não estava na categoria de Melhor R&B naquela noite? Quero dizer, ela é mais pop do que eu", afirmou a cantora.

Leia também

Vencedora de cinco estatuetas do Grammy neste ano, a revelação do rock se incomodou principalmente ao ser enquadrada como "pop" na premiação. "Olha, se eu não fosse branca, provavelmente estaria na categoria do ‘Rap’. Por quê? Eles apenas julgam sua aparência e o que eles sabem. Eu acho isso estranho O mundo quer colocar você em uma caixa", disse.

"Só porque sou uma adolescente branca, sou do pop. Onde sou pop? Que parte da minha música parece pop? Eu sempre odiei categorias”, questionou.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também