Biden se empolga com vitória dos EUA: "Eles conseguiram"

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vibrou publicamente com vitória dos EUA sobre o Irã na Copa do Mundo (Photo by Jim WATSON / AFP) (Photo by JIM WATSON/AFP via Getty Images)
Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vibrou publicamente com vitória dos EUA sobre o Irã na Copa do Mundo (Photo by Jim WATSON / AFP) (Photo by JIM WATSON/AFP via Getty Images)

Quem disse que política e futebol não se misturam se enganou. O confronto entre Estados Unidos e Irã trouxe à tona as divergências políticas entre os dois países em plena Copa do Mundo. Por isso, o presidente Joe Biden fez questão de vibrar publicamente com a vitória por 1 a 0 e a classificação para a próxima fase.

Biden participava de um evento de tecnologia em Michigan quando foi avisado por um assessor da vitória dos EUA contra o Irã. Após receber a notícia, o presidente foi até o palco, pegou o microfone, avisou aos presentes sobre a vitória da equipe e ainda parabenizou os jogadores.

Leia também:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"EUA venceu o Irã por 1 a 0. EUA 1, Irã 0. O jogo acabou. Hey, hey, hey! USA, USA, USA É um grande jogo, cara! Quando eu conversei com o técnico e com os jogadores, eu disse: “Vocês podem fazer isso”. E eles disseram: “Ah, mas eles...”. Eles conseguiram! Deus os ama! Enfim, eu achei que vocês deveriam ouvir isso", disse o presidente.

A conta oficial de Joe Biden compartilhou o vídeo dele falando com os presentes sobre a vitória dos Estados Unidos. Logo depois, o perfil da Federação de Futebol do país também postou o vídeo com a legenda: "Nós conseguimos, Joe".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Antes do início da Copa do Mundo, Joe Biden relatou que conversou com os jogadores dos Estados Unidos através de uma videochamada. "Rapazes, sei que são o 'underdog' (termo em inglês para "zebra" esportiva), mas há alguns dos melhores jogadores do mundo na equipe, e vocês estão representando esse país. Todo o país está incentivando vocês", disse o presidente na ocasião.

Agora, os Estados Unidos têm um desafio pela frente: se classificar para as quartas de final. Nas oitavas, os EUA pegam a Holanda. A partida acontece no próximo sábado (03), às 12h.