Bianca discute machismo no 'Pânico' e grita para ser ouvida: "Posso falar?"

Amanda Caroline
·3 minuto de leitura

Bianca Andrade virou assunto nas redes sociais após sua participação no programa ‘Pânico’, da rádio Jovem Pan, nesta sexta-feira (17). A influenciadora digital e empresária precisou gritar para ser ouvida durante uma discussão sobre machismo, racismo e privilégios.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Ela, que é dona da marca Boca Rosa, tentou explicar para o apresentador Emílio Surita porque é uma mulher privilegiada apesar de ter uma história de superação, mas foi interrompida. Os integrantes da atração discordaram da fala da ex-BBB e começaram a conversar entre si.

Leia também

“Emílio, me ouve”, dispara Bianca na tentativa de chamar atenção dos homens que falavam em paralelo. “Posso falar como convidada?”, ironiza a carioca em seguida.

Bianca, que cresceu na Favela da Maré, no Rio de Janeiro (RJ), se comparou com uma amiga negra para que a bancada do ‘Pânico’ pudesse compreender o assunto.

“[O fato de ser privilegiada] Não invalida o meu esforço, morei na favela até meus 20 anos. Mas uma mulher negra não tem os mesmos privilégios que eu, que sou uma mulher branca. Uma amiga minha teve menos oportunidades que eu por ser negra, teve que trabalhar quatro vezes mais. Por isso tento dividir meu privilégio com outras vozes”, afirma.

Boca Rosa é interrompida durante participação no 'Pânico' (Foto: Reprodução/Jovem Pan)
Boca Rosa é interrompida durante participação no 'Pânico' (Foto: Reprodução/Jovem Pan)

Machismo

A morena também se incomodou quando os integrantes do ‘Pânico’ questionaram as atitudes das mulheres quando o assunto era machismo. Bianca aproveitou a oportunidade para repreendê-los e “dar aula”.

“O que eu acabei de ver agora é o que realmente acontece. Quando se fala sobre machismo, os homens não podem ‘devolver’ dizendo que mulher também fala mal de mulher. Vocês estão em situação de privilegio. Homens, héteros, brancos... Vocês não sabem o que é entrar numa reunião e o cara não te levar a sério. Um conselho que dou pra vocês: quando uma mulher falar de feminismo, se coloquem no lugar de ouvintes”, finaliza.

Confira a partir de 1h30m:

Na internet, os fãs saíram em defesa de Bianca. Confira as reações: