Bia Maia confirma subida e gruda no top 50. Pigossi tem melhor ranking

@pierrickcontin.fr
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Segunda-feira positiva para as três principais brasileiras no ranking mundial da WTA, a Associação das Tenistas Profissionais. Destaque para Beatriz Haddad Maia, campeã de seu maior torneio, o WTA 125 de St. Malo, na França.

Bia subiu treze posições e foi ao 52º lugar, seu melhor desempenho na carreira, com 1099 pontos a 23 pontos do grupo do top 50. Ela pode conseguir feito na semana caso vá bem no WTA 125 de Paris, na França, onde é a terceira favorita.

Laura Pigossi subiu três com as oitavas de final e foi ao 125º lugar, seu melhor ranking. Gabriela Cé subiu 60 poisções somando as semis e quartas em dois torneios de US$ 100 mil nos Estados Unidos em Charleston e Bonita Springs e foi ao 232º lugar assumindo o número três do Brasil. Ela ficou a três postos do melhor desempenho.

Ingrid Martins, da Rio Tennis Academy, subiu sete e é a 489ª como a sexta do Brasil.

Entre as líderes, Iga Swiatek manteve a primeira posição, a tcheca Barbora Krejcikova subiu para o segundo seguida pela espanhola Paula Badosa. A campeã de Madri, a tunisiana Ons Jabeur, subiu três e é a sétima, seu melhor desempenho. Vice-campeã, Jessica Pegula subiu três e é a 11ª.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos