Bi da Série C, Márcio Fernandes repete feito de 2015 e se torna maior campeão nacional do Vila Nova

LANCE!
·1 minuto de leitura


Campeão em 2015, o técnico Márcio Fernandes repetiu o feito nesta temporada e conquistou seu segundo título da Série C com o Vila Nova - após vencer, neste sábado, o Remo por 3 a 2, pelo jogo de volta da decisão. O treinador, que se tornou o maior campeão nacional com o clube goiano, comemora o título e a campanha feita ao longo da competição.

TABELA
> Veja classificação do Brasileirão da Série C clicando aqui

GALERIA
> Listamos 30 jogadores que só tem contrato até o fim de fevereiro no Brasil

– Tudo o que eu fiz em 2015 não foi esquecido no Vila Nova. As pessoas lembraram na hora que precisaram e viram que poderíamos conquistar de novo. Eu cheguei com cinco jogos, dois jogos fora em sequência, uma situação muito difícil. Se perdêssemos, o campeonato estaria acabado para nós. Enfrentamos Santa Cruz e Brusque e conseguimos quatro pontos em seis.

– Isso fez o grupo acreditar de novo. Passei confiança aos jogadores e disse que conseguiríamos o acesso. Agora veio o título, o segundo da Série C pelo clube – disse Márcio Fernandes em coletiva de imprensa após o jogo.

Com o objetivo inicial de levar o clube ao acesso à Série B, Márcio Fernandes retornou ao Vila Nova faltando cinco jogos no quadrangular final e superou as expectativas. O técnico fala sobre o futuro no comando da equipe colorada e espera permanecer para seguir o trabalho adiante.

– Espero permanecer. Para isso acontecer, eu também preciso ser valorizado. Eu vim em uma situação bem diferente de tudo que já tive em termos contratuais. Eu mostrei serviço e agora sou merecedor. O time comprou a ideia. Pode vir o treinador que for, se o grupo não abraçar, não acontece. Mas isso não aconteceu aqui. Os jogadores compraram nossa ideia – concluiu.