Berrío aproveita chance no Flamengo e cria “problema” para Zé Ricardo

A pancada sofrida pelo meia argentino Federico Mancuello no primeiro tempo do jogo contra o San Lorenzo obrigou o técnico Zé Ricardo a mexer no time do Flamengo. Ele promoveu a entrada do colombiano Orlando Berrío, que teve uma atuação taticamente muito importante, ganhando elogios da imprensa e dos torcedores. O jogador se movimentou bastante e puxou contra-ataques perigosos. Há quem já defenda a sua presença desde o início dos jogos. Zé Ricardo procura ser cauteloso ao falar do tema.

Leia mais: Flamenguistas valorizam goleada, mas pedem “pés no chão”

“Eu enxergo todos os jogadores do elenco do Flamengo em condições de serem titulares e é importante que seja desta maneira, pois teremos muitas competições pela frente e estamos envolvidos em muitas disputas. O Berrío é um jogador muito importante dentro do nosso planejamento e sua contratação com certeza ainda vai render muitas coisas boas para o Flamengo. Vamos trabalhando com calma e com o grupo todo ligado”, disse Zé Ricardo.

Os jogadores procuram lidar com naturalidade com esse tipo de situação.

“O Berrío é um jogador de muita velocidade, que acaba mudando a nossa maneira de jogar, já que ele permite as jogadas longas. O Mancuello cai mais para dentro. Porém, acredito que esse tipo de discussão acabe sendo muito saudável e vejo que o fundamental é que o Zé Ricardo tenha variações táticas que lhe permitam jogar de mais de uma maneira. Estamos com um plantel forte”, afirmou o meia Diego.

O Flamengo já volta a campo pela Copa Libertadores na próxima semana, quando visita a Universidad Católica, em Santiago, no Chile. Antes disso, provavelmente com uma formação reserva, o time estreia na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, enfrentando a Portuguesa-RJ no sábado, às 18h30 (de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). O elenco vai treinar nesta sexta-feira pela manhã, quando Zé Ricardo deverá anunciar os titulares.

RECORDES: A goleada sobre o San Lorenzo trouxe alguns números bem proveitosos para o Flamengo. Por exemplo, foi seu melhor resultado em estreias na Copa Libertadores. Esta foi a 13ª vez que o time estreou na competição e até aqui só tinha vencido duas vezes. A primeira delas também por goleada, em 1984: 4 a 1 sobre o Santos. Depois, em 2010, venceu a Universidad Católica por 2 a 0.

Financeiramente o jogo no Maracanã também foi bom. O time registrou o maior público do ano no futebol brasileiro. Foram 54.052 torcedores pagantes no estádio. Anteriormente, o São Paulo registrou 50.952 pagantes na goleada de 5 a 2 sobre a Ponte Preta pelo Campeonato Paulista. Agora, a diretoria pretende mandar no Maracanã os jogos restantes pelo torneio continental, mas precisa esperar uma definição sobre o futuro do estádio.