Bernard fala em volta ao Galo ainda em boa forma e diz não pensar em Seleção Brasileira no momento

Valinor Conteúdo
LANCE!


Uma das maiores revelações do Atlético-MG nos últimos anos, sendo a mais valorizada em termos de venda, sendo a maior da história do clube, o atacante Bernard ainda deixa muitas saudades no torcedor do Galo. E, o ídolo, de 27 anos, que está atuando no Everton, da Inglaterra, comentou em uma live da TV Galo, veículo oficial do clube, que deseja retornar ao Brasil e defender o alvinegro ainda em boa forma física e técnica.

Bernard também comentou seu atual momento no futebol, com foco no time inglês e ainda que Seleção Brasileira não está entre suas prioridades. O jogador, chamado de “alegria nas pernas” por Felipão na Copa de 2014, citou outros momentos marcantes na carreira como atuar com Ronaldinho Gaúcho e ser campeão da Libertadores com a camisa do Galo.

-Eu tenho vontade de voltar sim(ao Galo). É a minha prioridade, tenho como objetivo. Quando a gente fala isso, falam que só vou voltar quando estiver velho, sem rendimento. Eu quero voltar para o Atlético para obter frutos. Mas não quero que isso ocorra no final da carreira, pois não poderei ajudar tanto-disse. Em seguida falou do desejo de se manter em bom nível no seu clube, não pensando em seleção agora.


-Tenho contrato com o Everton e meu desejo é me dedicar aqui para dar frutos. Pessoas apostaram em mim. Seleção é a consequência de um bom trabalho no clube. Qualquer jogador quer defender a Seleção, é lógico que eu quero. Não é meu objetivo principal, mas se surgir a oportunidade, seria muito bom e eu ficaria muito feliz-ressaltou.







Bernard lamentou a prisão do ídolo Ronaldinho Gaúcho, que está no Paraguai por apresentar um passaporte falso, além de ser investigado por outras possíveis irregularidades.

-A gente fica triste. Não é só um cara que eu convivi e joguei junto. Todos os brasileiros sentem um carinho grande por ele, é especial. Fico triste com isso, mas torço para que passe o mais rápido possível, que tudo fique bem-disse.

Bernard, de 27 anos, está no futebol europeu desde 2014, quando foi vendido para o Shakhtar Donestk, da Ucrânia, por R$ 77 milhões na época. Após cinco anos no time ucraniano, até ser contratado pelo Everton-ING, em 2018.

Criado nas categorias de base do Galo, Bernard fez 100 jogos pelo clube mineiro, marcando 22 gol, vencendo a Libertadores de 2013 e os Mineiros, em 2012 e 2013. Sua história na Seleção Brasileira tem um título da Copa das Confederações, em 2013, e participação no grupo que jogou a Copa do Mundo de 2014, sendo titular no fatídico 7 a 1 para a Alemanha, na semifinal do Mundial. Com a camisa canarinho, foram 14 jogos e um gol marcado.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também