Berlusconi conclui venda do Milan para grupo de investimento chinês

Silvio Berlusconi, enfim, finalizou a venda do Milan para o Rossoneri Sport Investment Lux. O negócio foi concluído nesta quinta-feira no valor de 740 milhões de euros, o equivalente a R$ 2,4 bilhões.

Com a venda concretizada, o Milan é mais um grande clube italiano que agora pertence aos chineses. No ano passado, a Inter de Milão também foi adquirida por um grupo de investimento da China.

Por meio de um comunicado oficial, a família de Berlusconi confirmou a venda de 99,93% das ações que possuía do clube para o Rossoneri Sport Investment Lux.

Silvio Berlusconi encerra uma era de 30 anos à frente do Milan. Sob o comando do ex-Primeiro Ministro italiano, o time rossonero conquistou nada mais, nada menos que cinco Liga dos Campeões.

A compra do clube pelo grupo de investimento chinês também reacende a esperança dos torcedores em ter um time competitivo para brigar pelas principais competições novamente. O último título rossonero foi a Supercopa da Itália, em 2016, muito pouco comparado ao passado glorioso do Milan.