Berdych desperdiça dois match points, Federer vira e avança em Miami

Roger Federer e Tomas Berdych entraram em quadra nesta quinta-feira para decidir uma vaga nas semifinais do Masters 1000 de Miami e fizeram um grande jogo. Em duelo que durou 1h59 e foi decidido somente no tie-break, o tcheco chegou a ter dois match points, mas o suíço número 6 do mundo demonstrou toda a sua experiência para virar e garantir a vitória por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 7/6(8-6).

Com a vitória, Roger Federer garantiu vaga nas semifinais do Masters 1000 de Miami e espera agora o vencedor do duelo entre o alemão Alexander Zverev e o australiano Nick Kyrgios para conhecer seu adversário em busca de uma vaga na grande final.

O duelo começou com Roger Federer quebrando o serviço de Tomas Berdych logo no primeiro game de jogo. Já com a vantagem, o suíço, que tem como característica um bom saque, apenas assegurou a liderança durante o set ao confirmar seus serviços. No penúltimo game, o número 6 do mundo ainda conseguiu mais uma quebra e fechou a primeira parcial tranquilamente em 6/2.

No segundo set, porém, o tenista tcheco acordou e começou a ter um bom desempenho na partida. Com isso, confirmou seus serviços e conseguiu uma importante quebra de saque contra Federer no penúltimo game da parcial. Com a vantagem no placar e o direito de sacar, Berdych apenas confirmou a vitória no game por 6/3 para deixar tudo igual.

O terceiro set começou com domínio de Federer, que vencia fácil seus games de serviço e dificultava a vida do adversário enquanto estava na recepção do saque. Com isso, não demorou para o suíço efetuar uma quebra e abrir 4/2 de vantagem na parcial.

Após cada um dos tenistas confirmarem seus serviços seguintes, Federer sacou para o jogo, mas viu Berdych conseguir uma quebra crucial para se manter na partida. No 10º game, o suíço chegou a ter um match point recuperado pelo bósnio, que logo na sequência confirmou o saque. Com ambos os tenistas liquidando seus serviços na sequência, a decisão foi para o tie-break.

O início da disputa teve uma situação inusitada, com duas quebras de saque para cada lado. O tie-break seguiu e Berdych conseguiu abrir vantagem para ter dois match points, um deles em seu serviço. O tcheco, porém, não aproveitou e viu Federer virar para fechar a terceira parcial em 7/6(8-6) e garantir a classificação em um jogo extremamente disputado.

Com a vitória, Roger Federer aproveitou para aumentar sua vantagem em confrontos diretos contra Tomas Berdych. Agora o suíço tem 18 triunfos e apenas seis derrotas, sendo que o tcheco perdeu os últimos sete jogos que disputou contra o número 6 do mundo.

Feijão perde para bósnio número 214 do mundo e é eliminado no México – O brasileiro João Souza também entrou em ação nesta quinta-feira na disputa do Challenger de León, no México, e acabou eliminado. Apesar de fazer uma partida duríssimo com o bósnio Mirza Basic, Feijão acabou derrotado por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 7/6(8-6), em jogo com 2h13 de duração.

Com a vitória, Mirza Basic irá enfrentar o norte-americano Rajeev Ram nas quartas de final. O tenista, famoso por seu desempenho nas duplas, avançou após vencer Stefan Kozlov, também dos EUA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/6(7-4).