Benzema segue longe da França; Mbappé é convocado pela primeira vez

Após vir a público e dizer não guardar rancor de Karim Benzema, Didier Deschamps divulgou, nesta quinta-feira, a lista de convocados para dois compromissos da França, ainda neste mês, e o atacante do Real Madrid continua de fora. A grande novidade é Mbappé, jovem que vem se destacando no Monaco e foi lembrado pela primeira vez pelo treinador – inclusive, no jogo contra o Manchester City, pela Liga dos Campeões, fez um gol e deu uma assistência. Além dele, o lateral Benjamin Mendy, também do Monaco, Florian Thauvin, do Marselha, e Corentin Tolisso, do Lyon, são os outros que estreiam na seleção francesa.

O dia 8 de outubro de 2015 marca a última vez em que Benzema vestiu a camisa da França. No fim daquele ano, o atleta se envolveu em um escândalo de chantagem por conta de um vídeo íntimo vazado de Valbuena, seu companheiro à época, e foi afastado do time.

Quando ficou de fora da Eurocopa, em 2016, o jogador atacou o técnico e disse que ele cedeu à pressão racista da França ao fato de sua descendência argelina. No início deste ano, Deschamps afirmou, ao jornal L’Equipe, não guardar rancor do atleta, e por isso vivia-se a expectativa de sua convocação. O que não foi o caso mais uma vez.

A França entra em campo no dia 25 de março, quando enfrenta o Luxemburgo pelas Eliminatórias da Europa para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Três dias depois, os franceses fazem um amistoso com a Espanha, no Stade de France.

Confira, abaixo, os 24 convocados para os próximos dois compromissos da França:

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham), Benoît Costil (Rennes) e Alphonse Aréola (Paris Saint-Germain);

Zagueiros: Laurent Koscielny (Arsenal), Presnel Kimpembe (Paris Saint-Germain), Adil Rami (Sevilla) e Samuel Umtiti (Barcelona);

Laterais: Djibril Sidibé (Monaco), Bacary Sagna (Manchester City), Layvin Kurzawa (Paris Saint-Germain) e Benjamin Mendy (Monaco);

Meio-campistas: N’Golo Kanté (Chelsea), Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain), Paul Pogba (Manchester United), Adrien Rabiot (Paris Saint-Germain), Dimitri Payet (Olympique de Marselha) e Corentin Tolisso (Lyon);

Atacantes: Ousmane Dembélé (Borussia Dortmund), Kévin Gameiro (Atlético de Madrid), Olivier Giroud (Arsenal), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Thomas Lemar (Monaco), Florian Thauvin (Olympique de Marselha) e Kylian Mbappé (Monaco).