Benzema quer conversa com Deschamps

O jogador Karim Benzema

O francês Karim Benzema, que não é convocado para a seleção desde outubro de 2015, mandou recados para o técnico Didier Deschamps, nesta quinta-feira, durante entrevista para a rádio RMC.

"Até agora, não coloquei ponto final a minha carreira internacional e não vou me render", afirmou o atacante do Real Madrid, que foi descartado da Eurocopa 2016 por envolvimento no caso de chantagem com o compatriota Mathieu Valbuena.

"É duro (não ser convocado) quando se joga em um grande clube. Amo o futebol, os grandes jogos. As partidas da seleção são sempre de alto nível", afirmou o atacante, que vestiu a camiseta dos Galos 81 vezes.

"Há um ano e meio eu não estou na seleção e não estou bem. Acho injusto e não tenho explicações", afirmou Benzema.

"Se falam do extra esportivo, a história com Mathieu Valbuena, eu não sou culpado. Paguei por isso e acho que ele está bem", insistiu.

"Gostaria de ter conversas com o treinador, para ver se é por isso ou por outra coisa. A última vez que falei com ele por telefone foi bem antes da Eurocopa, antes da semifinal da Liga dos Campeões", acrescentou.

"Ele me disse que não me convocaria. Não precisava de mais explicações desde esse momento. Hoje, vendo de longe, gostaria que me explicasse porque isso dura tanto, me pergunto isso todos os dias", concluiu Benzema.