Benzema não será substituído na seleção francesa, anuncia Deschamps

O atacante francês Karim Benzema foi cortado da Copa do Mundo do Catar-2022 por uma lesão na coxa (AFP/FRANCK FIFE)
O atacante francês Karim Benzema foi cortado da Copa do Mundo do Catar-2022 por uma lesão na coxa (AFP/FRANCK FIFE)

O atacante Karim Benzema, cortado da Copa do Mundo do Catar-2022 por uma lesão, não será substituído, anunciou neste domingo o técnico da seleção da França, Didier Deschamps.

Com um seco "não", o técnico francês respondeu à pergunta feita durante o programa Téléfoot sobre uma possível substituição de Benzema por outro jogador, algo que a França poderia solicitar à Fifa até segunda-feira.

Leia também:

O técnico não justificou a decisão, por considera que tem atacantes suficientes com Kylian Mbappé, Antoine Griezmann, Ousmane Dembélé, Kingsley Coman, Marcus Thuram, Randal Kolo Muani e Olivier Giroud.

A decisão impede a expectativa criada por Benzema de "deixar espaço para alguém que possa ajudar nosso grupo a fazer uma boa Copa do Mundo", como escreveu nas redes sociais, antes de deixar Dohar neste domingo.

Deschamps também tentou eliminar qualquer especulação sobre o relacionamento de Benzema com a comissão médica dos 'Bleus'.

"Sei que uns e outros estão procurando polêmica. Mas, tudo estava sob controle, não aconteceu uma aceleração ou uma pancada. Pode acontecer de ter um problema, de se machucar. Não é uma recaída, tem um problema do outro lado (na outra perna), insistiu o treinador.

"É um grande golpe, ele tinha feito de tudo (para voltar) e nós também", acrescentou Deschamps ao programa da TF1.

Benzema sofreu uma lesão na coxa durante um treinamento no sábado.

Os exames médicos realizados no artilheiro do Real Madrid confirmaram uma lesão no quadríceps da coxa esquerda que "precisará de um prazo de recuperação de três semanas", de acordo com a Federação Francesa de Futebol.

A série de lesões continua desfalcando na seleção francesa para a Copa do Mundo. Antes de Benzema, a equipe já tinha perdido os volantes Paul Pogba e N'Golo Kanté, o goleiro Mike Maignan, o zagueiro Presnel Kimpembe e o atacante Christopher Nkunku.

Na entrevista, Deschamps anunciou que o zagueiro Raphaël Varane, que sofreu uma lesão na coxa no fim de outubro, estará disponível para a estreia da França na Copa do Mundo, na próxima terça-feira contra a Austrália.