Benja relembra desavença com Neto: 'A briga mexeu comigo'

Benjamin Back e Craque Neto apresentam programas esportivos na TV aberta (Reprodução)


Benjamin Back lamentou, durante participação em podcast no YouTube, a relação conturbada com o Craque Neto, ídolo do Corinthians e apresentador do programa Os Donos da Bola, na Band. Um dos criadores do programa Arena SBT, o jornalista revelou que a briga judicial, que perdurou por nove anos, mexeu muito com ele e considera Neto seu ídolo.

+ Confira chances de acesso do Vasco na Série B

Apesar dos problemas, Benja disse, em entrevista concedida ao canal "Duda Garbi", que deseja sucesso ao ex-jogador e que ficou muito mexido com a situação.

- Eu tive uma briga com o Neto. Ele me processou, eu ganhei. Nunca mais vi o Neto, não falo com o Neto. Quero que ele seja muito feliz, mas o tema acabou. Game over. Ele está lá, faz o sucesso dele na Band. Acabou - revelou o apresentador do Arena SBT.

O processo por danos morais movido por Neto perdurou na Justiça por nove anos. Porém, Benja venceu as três instâncias.

- Ele me processou. E eu ganhei nas três instâncias. Assunto encerrado. Não tem mais briga. Ele que seja feliz, que dê a audiência dele (na Band). Cada um para um lado - declarou.

No programa, ele relembrou a amizade com Neto antes dos problemas ocorridos. Benja contou que, durante a sua passagem pelo LANCE!, eles tinham uma boa relação pessoal e profissional.

- Mexeu (a briga). O Neto não era só meu ídolo, ele era meu amigo. Amigo mesmo. De, às vezes, [cobrir] um furo em entrevista. Uma vez, no LANCE!, eu liguei para ele: 'Tomei um chapéu, vem aqui'. Ele foi. Fico triste - lamentou.

Em 2011, Neto processou Benjamin Back por danos morais, pedindo R$ 50 mil de indenização. De acordo com o ex-camisa 10 do Corinthians, o jornalista proferiu insultos a ele, como "pipoqueiro", "desprezível" e "que dá nojo".

Nove anos depois, os dois homologaram acordo e Neto, que perdeu as três instâncias do processo, teve que pagar R$ 12,1 mil ao apresentador do SBT.