Benfica nega possível saída de Jorge Jesus

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jorge Jesus em jogo contra o Braga. Foto: Gualter Fatia/Getty Images
Jorge Jesus em jogo contra o Braga. Foto: Gualter Fatia/Getty Images

Após especulações da imprensa sobre uma possível saída de Jorge Jesus do Benfica no final da atual temporada, o clube português precisou se pronunciar oficialmente para acabar de vez com os boatos.

Em nota oficial, os Encarnados afirmam que não procuram outros treinadores e que os rumores servem para causar instabilidade, além de dividir os torcedores que não estão nada felizes com o desempenho do time na atual temporada.

Leia também:

Trecho do comunicado diz que “a estratégia de propagar falsidades para desunir e dividir os benfiquistas atingiu um nível intolerável. É falso que o Benfica esteja preparando a saída de Jorge Jesus do comando técnico da equipe. É falso que o Benfica tenha estabelecido contato com outros treinadores ou com seus agentes.”

O contrato de Jorge Jesus, que retornou as Águias em 2020, vai até o fim de 2021. Na temporada atual, o Benfica é o terceiro no campeonato nacional, atrás dos rivais Porto e Sporting e também ocupa a terceira colocação no Grupo E da Liga dos Campeões, mas segue com chance de título nas duas copas nacionais.

Nome sempre é lembrado no Flamengo

Sempre que se fala de Jorge Jesus, um clube é lembrado: o Flamengo. Em sua passagem de pouco mais de um ano pelo clube carioca foram cinco títulos (Libertadores de 2019, Campeonato Brasileiro de 2019, Supercopa do Brasil de 2020, Recopa Sul-Americana de 2020 e Campeonato Carioca de 2020).

Em entrevista coletiva dada recentemente, o Míster, como é chamado carinhosamente pela torcida flamenguista, não descartou um possível retorno para o time brasileiro no próximo ano.

Vale lembrar que o ex-treinador do Flamengo retornou ao Benfica ainda na gestão de Luís Filipe Vieira, antigo presidente do clube português, que foi detido em julho, acusado de burlar o Fundo de Resolução bancária de Portugal e também por fraudes fiscais. Após a detenção, o mandatário renunciou ao cargo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos