Benfica perde final europeia de juniores e maldição dos 100 anos continua

Time sub-19 do Benfica perdeu a final da Uefa Youth League 2016/2017. Foto: Getty Images

“Sem mim, nem em cem anos o Benfica vai conquistar outra taça europeia”. A frase foi proferida por Bela Guttmann, ex-técnico húngaro do clube português, que teve um aumento de salário negado pela diretoria em 1962, depois de conquistar duas Copas Europeias (a atual Champions) seguidas. Desde então, a “maldição” segue viva e parece válida até para os juniores.

Na segunda-feira, o Benfica perdeu por 2 a 1 para o Red Bull Salzburg em Nyom, na Suíça, e ficou com o vice-campeonato da Uefa Youth League, a Champions League Sub-19 (são permitidos até três jogadores sub-20).

No início dos anos 1960, além do bom técnico, o Benfica contava com a melhor geração da história do clube, que contava com o atacante Eusébio, o meia Coluna, o ponta esquerda Simões e o goleiro Costa Pereira. Na final de 1961, a equipe fez 5 a 3 sobre o Real Madrid de Puskas e Di Stefano, já com 34 e 35 anos, respectivamente.

Em 1962, a equipe de Guttmann bateu o Barcelona na final por 3 a 2. O Barça também tinha craques históricos como os húngaros Koczis e Czibor, além do brasileiro Evaristo de Macedo. Depois da saída de Guttman, o Benfica perdeu nada menos do que nove finais europeias.

Foram mais três vice-campeonatos europeus com aquela geração em 1963, 1965 e 1968. Em 1988 e 1990, mais dois vices com a geração dos brasileiros Mozer, Aldair e Valdo, além do atacante sueco Mats Magnusson. Além disso, ainda teve uma final de Copa da Uefa perdida para o Anderlecht em 1983 e outra da Liga Europa para o Chelsea em 2013.

Estátua de Bela Guttmann no Estádio da Luz. Foto: Divulgação/SL Benfica

Em fevereiro de 2014, o Benfica inaugurou no Estádio da Luz uma estátua de bronze de Béla Guttmann com dois metros da autoria do escultor húngaro Szatmari Juhos Laszlo. O objetivo simbólico era o de quebrar a maldição, mas isso não aconteceu. Meses depois, a equipe lisboeta perdeu a final da Liga Europa 2013/2014 para o Sevilla.

Leia também:
Presidente do Timão promete reforços e descarta patrocinador máster
Tite quer aprender um pouco de russo até a Copa
Joia à vista? Real pode quebrar recorde por sensação da Europa