Benfica dá sua versão sobre saída de Jorge Jesus

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Em nota oficial, Benfica disse que Mister não solicitou dispensa em momento algum.
Em nota oficial, Benfica disse que Mister não solicitou dispensa em momento algum. Foto: (Pedro Fiúza/NurPhoto via Getty Images)

Descontente com as recentes falas de Jorge Jesus sobre sua saída do Benfica e cavando uma possível volta ao Flamengo, que repercutiram não só no Brasil, mas também fora do país, o clube português emitiu uma nota oficial contrariando que Jesus pediu dispensa ao Benfica no fim do ano passado, quando seu retorno foi sondado no Flamengo.

Na nota, o Benfica diz que em nenhum momento o 'Mister' fez a solicitação de saída: "O Sport Lisboa e Benfica esclarece que em nenhum momento Jorge Jesus solicitou que o deixassem sair do clube ou se mostrou disponível para abdicar das remunerações a que teria direito até ao final da temporada. Mas se enfatiza, de novo, que as duas partes entenderam que a rescisão por mútuo acordo era a melhor solução na defesa dos interesses do Sport Lisboa e Benfica, ficando igualmente acordado que a contratação de Jorge Jesus por parte de um novo clube implicaria com o encerramento de todas as obrigações contratuais que ligam as partes até ao final da atual temporada".

Leia também:

Na última passagem pelo Benfica, que se iniciou em agosto do ano de 2020, Jorge Jesus teve um bom aproveitamento, vencendo 53 partidas, empatando 16 e perdendo 14 dos 83 jogos disputados. Apesar do rendimento acima do comum, nenhum título foi conquistado, mesmo com grandes reforços contratados, o que enfraqueceu o trabalho.

Sua saída do clube português, de acordo com informações publicadas pela imprensa portuguesa, teve como motivo a relação com o elenco, que não era harmoniosa. Um dos capitães da equipe, Pizzi, foi afastado por Jesus, o que gerou, inclusive, ameaças de boicote ao treinamento, até que o argentino foi reintegrado ao elenco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos