Bem-humorado, Jô explica que visual foi inspirado no Dia das Crianças

“De bem com a vida” depois da vitória diante do Coritiba, que consolidou ainda mais a liderança do Corinthians no Campeonato Brasileiro, Jô conversou com a imprensa, na manhã desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, e explicou de onde veio a inspiração para o ousado novo visual.

“Acabou que eu fiz uma coisa de criança (risos), de gente nova. Fui cortar o cabelo semana passada e o meu cabelereiro, que tem dread, falou: ‘Por que você não faz também? Tenta um jogo, vê o que vai repercutir’. Em casa repercutiu bem, a esposa gostou, mas falou que já tinha gostado dele cortado. Aqui no clube foi dividido, uns gostaram, outros não. Mas, vou tirar, foi só para um jogo mesmo”, disse o bem-humorado artilheiro do Brasileirão, com 14 gols.

O atacante, que ainda não se sente campeão nacional, vem sendo bastante decisivo na campanha do Timão: até o momento, é o atleta corintiano que mais balançou as redes no ano, com 21 tentos marcados. Diante da boa temporada, Jô enalteceu o trabalho de seus companheiros, fundamental para que ele voltasse a demonstrar o futebol de outrora.

“Prova que eu tenho trabalhado bem. Lógico que eu esperava fazer um bom ano, mas não neste nível, até pelo tempo que eu fiquei parado. Devo muito também ao trabalho da equipe, todos entenderam minha maneira de jogar e as movimentações, e isto facilita muito. Fico feliz, o clube me deu confiança, muitos não acreditaram, e hoje posso dar alegrias ao clube e à torcida”, afirmou.

Em preparação para o duelo diante do Bahia, no próximo domingo, às 19h (de Brasília), na Fonte Nova, o Corinthians volta aos gramados do CT Joaquim Grava na manhã desta sexta-feira. Para o confronto, válido pela 28ª rodada do torneio, o técnico Fábio Carille conta com os retornos certos de Fagner e Romero, que cumpriram suspensão.

*Especial para a Gazeta Esportiva