Bellingham elogia chances aproveitadas por companheiros na Inglaterra


Jude Bellingham tinha chances de ser preservado da partida contra País de Gales, que garantiu a classificação da Inglaterra às oitavas de final da Copa do Mundo, mas foi titular fazendo uma função diferente do que ele está acostumado.

Volante de ofício, o jovem, de 19 anos, tem como característica jogar na primeira linha do meio-campo e se aproximar da área vindo de trás. Assim, existia a expectativa dele ser sacado do compromisso nesta terça-feira (29) para que Henderson ganhasse uma oportunidade. Mas, na prática, o técnico Gareth Southgate optou por escalar Bellingham e Henderson juntos. Assim, Mason Mount foi para o banco de reservas, e Jude atuou mais avançado, próximo a área, como o terceiro homem do meio-campo.

+ Rashford marca duas vezes e é o destaque da Inglaterra em vitória sobre Gales na Copa do Mundo

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os primeiros jogos do mata-mata

- Não fomos agressivos (no jogo anterior, contra os Estados Unidos) o suficiente, mas fomos mais fortes hoje. Era importante para nós estarmos na frente. Hendo traz essa intensidade toda vez que joga. Ganhamos muitas bolas no ataque, o que foi fundamental para mantermos a pressão - falou Bellingham sobre as mudanças no seu setor, influenciada pelo empate em gols contra a seleção americana na rodada anterior.

Bellingham e Phil Foden - Inglaterra
Bellingham e Phil Foden - Inglaterra

Bellingham comemora com Phil Foden o segundo gol da Inglaterra sobre Gales (Foto: EFE/EPA/Ronald Wittek)

Mas, entre as alterações feitas por Southgate no meio-campo as que mais surtiram efeito foram as realizadas no ataque. Marcus Rashford e Phil Foden ganharam espaço nas duas pontas e foram eles os responsáveis por construir o triunfo por 3 a 0. Rashford marcou duas vezes, e Foden uma.

- Estou muito feliz (por Rashford). Que desempenho! Temos muita profundidade nas áreas de ataque, e quem entra parece causar impacto. Isso realmente não muda o estilo deles. Isso é muito raro, se formos honestos. Também estou muito feliz por Phil esta noite. Ele teve muita pressão sobre nos últimos dias com toda a atenção, mas voltou a mostrar o quão bom ele é – destacou Bellingham, se referindo a aclamação na Inglaterra para a entrada de Phil Foden.

Agora, a Inglaterra enfrentará a seleção de Senegal na próxima fase, onde somente a vitória interessa. O duelo pelas oitavas de final acontecerá no domingo (4), às 16h (horário de Brasília), no estádio Al Bayt, na cidade de Al Khor, no Qatar.