Beckham é contratado para ser assessor técnico da Federação Chinesa

Depois de fazer muito barulho com contratações milionárias durante a janela de transferências, a China voltou a fazer grande aquisição. Trata-se de David Beckham, ex-jogador do Real Madrid e Manchester United.

Segundo o jornal britânico Daily Mirror, a Federação Chinesa de Futebol contratou o inglês de 41 anos para ser seu assessor técnico. A decisão foi tomada após intervenção de Xi Jinping, presidente da China, que conheceu Beckham em um jogo do Los Angeles Lakers em 2012. Desde então, os dois viraram amigos.

O plano de Jinping é que o ex-jogador da seleção inglesa inspire as novas gerações de chineses a jogarem futebol. Para isso, uma série de vídeos com dicas e ensinamentos de fundamentos será televisionada 365 dias do ano a partir do próximo mês. Os vídeos, que foram gravados no ano passado na cidade de Guangzhou, passarão na CETV, que é transmitida em 400 mil escolas e tem a astronômica audiência de 971 milhões de pessoas.

Leia mais: E-mails comprometedores de David Beckham vazam

“Futebol é um esporte fantástico que requer força, velocidade, raciocínio e trabalho em equipe. Eu comecei a jogar quando era muito jovem”, afirma o astro mundial no seu vídeo introdutório. “Meu conselho para você é: aproveite o tempo e construa uma base sólida de habilidades. Se você praticar todo dia, você vai melhorar. Desejo o melhor para a nova geração de jogadores de futebol da China”.

Para ajudar no desenvolvimento do esporte, Xi Jinping anunciou um plano para a construção de 60 mil novos campos de futebol até 2020. Além disso, ele exigiu que 50 mil escolas tenham especialistas em treinos de futebol e fez o futebol ser obrigatório no currículo.

Para o presidente chinês é inaceitável que um país com 1,4 bilhão de pessoas e que acredita que inventou o esporte só tenha participado de uma Copa do Mundo (2002) e esteja na 86ª posição do ranking da Fifa. De acordo com o Daily Mirror, um dos objetivos com a iniciativa é conseguir ganhar uma Copa do Mundo.