Becker terá liberdade condicional e trabalhará na federação alemã

Divulgação


Boris Becker sairá em liberdade condicional em pouquíssimo tempo e poderá retornar à Alemanha, onde a Federação de Tênis de seu país o espera de braços abertos.

Palavras de Dirk Hordoff, vice-presidente da mais alta entidade de tênis do país alemão, afirmando que não há ninguém contra ele retornar. Dirk comentou ao jornal Sport Bild que Becker terá o cargo que desejar.

O ex-tenista foi preso em abril por dívidas com o fisco britânico. Ele escondeu 2,5 milhões de libras em ativos e empréstimos para evitar o pagamento de dívidas.