BBB 21: Juliette “paga dívida” a Gilberto e faz jogada de mestre

Bárbara Saryne
·3 minuto de leitura
Juliette não puxou Gilberto para o paredão (Foto: Reprodução/Globo)
Juliette não puxou Gilberto para o paredão (Foto: Reprodução/Globo)

Resumo da notícia:

  • Juliette lembrou que Gilberto não a colocou no paredão passado e resolveu "pagar com gratidão" indicando Rodolffo no contragolpe

  • A paraibana mostrou que não tem memória curta e pontuou os motivos pelo qual votou no sertanejo

  • Juliette teve visão de jogo, pois deixou claro que a partir de agora não deve nada e se sente livre para votar em Gilberto

Juliette está no paredão com Sarah e Rodolffo. A advogada foi indicada pelo líder Arthur, Sarah foi a mais votada pela casa e Rodolffo foi puxado por ela no contragolpe. Gilberto tremeu na base quando Tiago Leifert anunciou que Juliette teria o poder de colocar mais um brother na disputa.

O público ficou apreensivo. A maioria cogitou que ela puxaria Gilberto por causa dos últimos atritos. A paraibana, porém, jogou como mestre ao escolher Rodolffo.

Leia também

"Quando ele (Rodolffo) precisou decidir, eu fui uma opção para ele. Sei que ele não queria e eu também não quero isso, mas acho que é necessário. Teria motivos, incluindo mágoas, para puxar o Gil. Mas essa é a última coisa que faço pensando no que sinto. A partir de agora vai ser jogo e pronto", justificou.

Sem memória curta

Na semana passada, Gilberto foi líder e colocou Caio no paredão pelo "voto de minerva", ou seja, o goiano ficou empatado em número de votos com Juliette e acabou levando a pior. Pensando nisso, no contragolpe deste domingo (28), Juliette achou melhor "pagar a dívida" e seguir seu jogo sem peso na consciência.

Rodolffo, além de já ter votado em Juliette, fez comentários que deixaram a paraibana chateada ao longo da temporada. O discurso machista na indicação de Carla Diaz, por exemplo, foi citado por ela em conversas com Camilla de Lucas.

Após o programa ao vivo, Juliette conversou com o sertanejo e explicou o motivo pelo qual não escolheu Gilberto. "Você votou em mim na outra semana e eu tentei salvar seu amigo (Caio) e você não me salvou. Eu poderia ter ido (ao paredão) se ele (Gilberto) não tivesse salvo. E ele me salvou. É gratidão", explicou ela.

A advogada deixou claro que não deve mais nada a Gil e agora não o protegerá mais. "Seria injusto da minha parte no momento que eu ia colocá-lo, puxá-lo direto. A partir de agora, é aquilo que eu disse: agora é jogo. Já paguei o que ele fez por mim e você votou em mim. E você me botaria pra salvar seu amigo e eu não lhe julguei", completou.

Jogada de mestre

Rodolffo caiu no paredão pelo contragolpe de Juliette (Foto: Reprodução/Globo)
Rodolffo caiu no paredão pelo contragolpe de Juliette (Foto: Reprodução/Globo)

A decisão do contragolpe de Juliette foi mais que acertada, pois o público poderia interpretar como traição a puxada de Gil mesmo após os últimos desentendimentos. Afinal, quando teve oportunidade, Gil a tirou da zona de risco. Esse "vacilo", inclusive, era tudo o que os rivais precisavam para criticá-la e não conseguiram.

Juliette também teve empatia e estratégia quando não colocou Gilberto no paredão com Sarah. Seria muito doloroso para o pernambucano enfrentar sua melhor amiga.

Com as informações que tem, Juliette ainda pode ter levado em consideração o fato de ser mais difícil voltar de um paredão com duas torcidas unidas contra uma.

A decisão dela fez com que os torcedores de Rodolffo se unissem aos seus para eliminar Sarah. Tudo indica, inclusive, que a advogada será coadjuvante na disputa.