Bayern volta a vencer o PSG e avança às quartas da Champions League

Mbappé em derrota para o Bayern de Munique na Champions (Foto: FRANCK FIFE / AFP)


O Bayern de Munique venceu o Paris Saint-Germain por 2 a 0, desta vez na Allianz Arena, nesta quarta-feira, pela partida da volta das oitavas de final da Uefa Champions League. Choupo-Moting e Serge Gnabry anotaram os gols da vitória do time alemão, somando com o 1 a 0 da ida em Paris.

Com o resultado, os bávaros se juntam à Benfica e Chelsea, e está classificado para as quartas de final da competição. Por sua vez, o PSG repete a decepção da temporada anterior e volta a cair nas oitavas do torneio europeu.

PRIMEIRA ESTOCADA
​Logo aos dois minutos de partida, Fabián Ruiz arrancou pelo meio tocou para Mbappé na velocidade, mas o francês finalizou com pouco ângulo de canhota para boa defesa de Yann Sommer.

O Bayern respondeu com Goretzka 10 minutos depois. O meia alemão recebeu na altura da entrada da grande área e soltou o pé em chute rasteiro, mas o goleiro Donnarumma defendeu sem dar rebote.

QUE PERIGO
Aos 24 minutos, o PSG teve uma ótima chance de abrir o placar. Após jogada de Nuno Mendes pela esquerda, o português cruzou para Messi, que foi travado duas vezes na mesma jogada; por Davies no primeiro lance e por De Ligt na segunda oportunidade, com o goleiro Sommer aparecendo para fechar o ângulo também.

11 minutos depois, foi a vez de Donnarumma voltar a salvar o PSG. Musiala ganhou a jogada de Danilo Pereira e finalizou de canhota para mais uma boa defesa do goleiro italiano.

+ Quartas de final da Champions League: veja times classificados, quando será o sorteio e datas dos jogos

SALVOU!
Aos 37, a grande oportunidade da partida. Sommer saiu errado com a bola, entregou a posse para o PSG e Vitinha, sem goleiro, chutou e o zagueiro De Ligt salvou em cima da linha e impediu o gol da equipe parisiense.

ANULOU
Logo após o intervalo, aos seis minutos, Musiala cruzou na medida para Choupo-Moting testar para o fundo do gol, mas a arbitragem invalidou a jogada, alegando impedimento de Thomas Muller, que para o juiz, tocou na bola, mas o lance gerou dúvidas.

AGORA VALEU!
Aos 15 minutos do segundo tempo, Verratti vacilou feio, foi desarmado por Thomas Muller, que tocou par Goretzka só rolar para o lado e achar Choupo-Moting, livre, para abrir o placar na Allianz Arena e dobrar a vantagem do Bayern no agregado.

+ Premiação da Champions League 2022/23: veja valores pagos pela Uefa

MILAGRE
Aos 19, o goleiro Sommer operou um verdadeiro milagre. Em escanteio para o PSG, Messi cobrou com precisão para ótima cabeçada de Sergio Ramos, no contrapé do suíço, que fez uma grande defesa para salvar novamente o Bayern e manter o 1 a 0 até o fim da partida.

FECHOU O CAIXÃO
Já no fim da partida, aos 44, após desarme de Kimmich novamente contra Verratti, o Bayern partiu em velocidade com o PSG aberto no campo de defesa. Gnabry recebeu, arrancou e saiu na cara do gol, e não perdoou, 2 a 0 em Munique e 3 a 0 no agregado, fechando a conta para classificar a equipe alemã.

NOVA DECEPÇÃO
Mesmo estrelado, novamente o Paris Saint-Germain decepcionou na competição que tanto sonha conquistar. Assim como em 2021/22, a equipe de Messi e Mbappé volta a ser eliminada na primeira fase do mata-mata da Champions League.