Bayern vence clássico com Dortmund e assume liderança isolada da Bundesliga

·5 minuto de leitura
O zagueiro austríaco do Bayern de Munique, David Alaba (dir.) disputa com o atacante norueguês do Dortmund, Erling Haaland, em 7 de novembro de 2020 em Dortmund

Bayern vence clássico com Dortmund e assume liderança isolada da Bundesliga

O zagueiro austríaco do Bayern de Munique, David Alaba (dir.) disputa com o atacante norueguês do Dortmund, Erling Haaland, em 7 de novembro de 2020 em Dortmund

O Bayern de Munique venceu neste sábado o 'Klassiker' contra o Borussia Dortmund fora de casa (3-2) e assumiu a liderança isolada da Bundesliga na 7ª rodada. 

O Bayern (agora com 18 pontos) ultrapassou o RB Leipzig (que tem 16) e o Borussia Dortmund (15 pontos) na tabela. 

O meia-atacante Marco Reus abriu o placar aos 45 minutos e David Alaba empatou quatro minutos depois, nos acréscimos (45+4) do primeiro tempo. 

Na segunda etapa, o artilheiro polonês Robert Lewandowski fez 2 a 1 (48) e o meia Leroy Sané ampliou (80). Três minutos depois, o jovem atacante norueguês Erling Haaland diminuiu (83) fechando o placar em 3 a 2.

Lewandowski, de 32 anos, poderia ter terminado com um hat-trick contra seu antigo clube, depois de também marcar dois gols que acabaram sendo anulados pelo VAR. 

O ponto negativo para o Bayern foi a contusão do meia Joshua Kimmich, que sofreu uma lesão no joelho no primeiro tempo e precisou deixar o campo. 

Depois de os anfitriões começarem de forma brilhante com Haaland assustando a equipe de Munique, o gol de Lewandowski aos 24 minutos foi anulado pelo VAR, que marcou impedimento.

O Dortmund abriu o placar aos 45 minutos, quando o meia Mats Hummels deu um excelente passe pela ponta esquerda para Jadon Sancho. O atacante inglês tocou para Raphael Guerreiro na área que deixou para Reus disparar para o fundo das redes. 

No entanto, o Bayern empatou quatro minutos depois. O meia do Dortmund, Thomas Delaney, derrubou Serge Gnarby na entrada da área e Alaba cobrou a falta com maestria deixando tudo igual antes do intervalo. 

No início do segundo tempo Lewandowski marcou de cabeça após um cruzamento perfeito de Lucas Hernandez para colocar o Bayern na frente (48).

Logo depois Kingsley Coman chutou a bola na trave. A dez minutos do fim Sané parecia ter decretado a vitória quando cortou para dentro, se livrou de dois marcadores e ampliou. 

Mas Haaland disparou com pouco ângulo diminuindo a vantagem e dando esperanças ao Dortmund. Reus ainda poderia ter empatado mas chutou para longe. 

Lewandowski voltou a marcar, pouco antes do apito final, mas o gol foi novamente anulado pelo VAR.

"É a eficiência fria diante do gol que faz a diferença", lamentou o zagueiro do Dortmund, Mats Hummels, ex-jogador do gigante da Baviera. "Tivemos muitas e muitas chances que não concretizamos", acrescentou.

- Leipzig vence Freiburg -

Mais cedo, três dias depois da vitória por 2 a 1 na Champions League sobre o PSG, o RB Leipzig derrotou o Freiburg por 3 a 0. 

O Leipzig mostrou um claro sotaque francês: na ausência do zagueiro-central Dayot Upamecano (com um problema muscular), seu companheiro de zaga Ibrahim Konaté se destacou.

O jogador de 21 anos finalizou na pequena área de cabeça uma bola alçada por seu compatriota Nordi Mukiele aproveitando o melhor início do time da casa (26). 

Após o intervalo, outro francês, o ex-PSG Christopher Nkunku, de 22 anos, sofreu um pênalti que o austríaco Marcel Sabitzer converteu (69). 

No final da partida, o espanhol Angeliño, que marcou contra o Basaksehir na Liga dos Campeões no final de outubro, deu uma amostra de seu talento ao cobrar um tiro livre direto no ângulo (89).

Nos outros jogos, a surpresa da tarde veio de Berlim, onde o modesto Union Berlin atropelou o recém-promovido Bielefeld vencendo por 5 a 0 e assumiu o quarto lugar provisório com 12 pontos, a melhor colocação de todos os tempos desde a sua promoção à primeira divisão em 2019. 

Mas o clube da extinta Alemanha Oriental, vizinho na capital do Hertha, deixará no domingo sua posição privilegiada. 

Nesse dia, o Bayer Leverkusen (também com 12 pontos) recebe o Borussia Mönchengladbach (11 pontos) em um duelo direto pelas vagas da Champions League, atrás do trio intocável neste início da temporada Bayern de Munique-Borussia Dortmund-Leipzig.

Na outra extremidade da tabela, os dois últimos, Mainz e Schalke, empataram em 2 a 2, o que permitiu ao Mainz somar o primeiro ponto em sete jogos, embora continue na última posição. 

O Schalke acumulou o 23º jogo consecutivo sem vencer na Bundesliga e continua em 17º, o que leva ao rebaixamento no final do campeonato.

Sttutgart (7º) e Eintracht (10º) também empataram em 2 a 2, com o primeiro gol do time local marcado pelo argentino Nicolás Iván González.

-- Jogos da 7ª rodada do campeonato alemão e classificação: 

- Sexta-feira:

Werder Bremen - Colônia 1 - 1

- Sábado:

RB Leipzig - Freiburg 3 - 0

Augsburg - Hertha Berlim 0 - 3

Mainz - Schalke 04 2 - 2

1. FC Union Berlin - Arminia Bielefeld  5 - 0

Stuttgart - Eintracht Frankfurt 2 - 2

Borussia Dortmund - Bayern de Munique  2 - 3

- Domingo:

(11h30) Wolfsburg - Hoffenheim

(14h00) Bayer Leverkusen - B. Moenchengladbach

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Bayern de Munique 18 7 6 0 1 27 11 16

2. RB Leipzig 16 7 5 1 1 15 4 11

3. Borussia Dortmund 15 7 5 0 2 15 5 10

4. 1. FC Union Berlin 12 7 3 3 1 16 7 9

5. Bayer Leverkusen 12 6 3 3 0 10 5 5

6. B. Moenchengladbach 11 6 3 2 1 9 8 1

7. Stuttgart 10 7 2 4 1 13 9 4

8. Werder Bremen 10 7 2 4 1 9 9 0

9. Augsburg 10 7 3 1 3 9 10 -1

10. Eintracht Frankfurt 10 7 2 4 1 10 12 -2

11. Wolfsburg 8 6 1 5 0 5 4 1

12. Hertha Berlim 7 7 2 1 4 13 13 0

13. Hoffenheim 7 6 2 1 3 10 10 0

14. Freiburg 6 7 1 3 3 8 16 -8

15. Arminia Bielefeld 4 7 1 1 5 4 15 -11

16. Colônia 3 7 0 3 4 7 12 -5

17. Schalke 04 3 7 0 3 4 5 22 -17

18. Mainz 1 7 0 1 6 7 20 -13

bds/iga/pm/aam