Bayern de Munique desaprova anúncio de Flick sobre sua saída

·2 minuto de leitura
O técnico Hansi Flick anunciou que vai deixar o Bayern de Munique

A diretoria do Bayern de Munique anunciou neste domingo que "desaprova" o anúncio sem consulta feito no sábado pelo técnico do time, Hansi Flick, afirmando sua disposição de deixar o clube alemão no final da temporada.

"O Bayern de Munique desaprova a comunicação unilateral de Hansi Flick", divulgou a diretoria do clube de Munique, afirmando que originalmente havia concordado com o treinador apenas para falar publicamente a partir do final da próxima semana, após uma série de partidas cruciais pela luta pelo título do Campeonato Alemão.

No sábado, Flick anunciou sua intenção de deixar o cargo no final da atual temporada, em conversa com a Sky Television após a vitória de 3 a 2 de sua equipe sobre o Wolfsburg, pela 29ª rodada do Alemão.

"Anunciei à equipe que gostaria de terminar o meu contrato no final da temporada", declarou o treinador, que tem contrato com o Bayern até 2023.

"Esta é minha decisão, que tomei após uma reflexão madura. As razões foram explicadas internamente e isso permanecerá internamente", completou Flick, cujo conflito com o diretor de futebol da equipe de Munique, Hasan Salimahidzic, é conhecido há semanas e foi amplamente comentado pela imprensa local.

Questionado sobre a possibilidade de assumir o comando da seleção da Alemanha, já que o atual técnico Joachim Löw anunciou que irá deixar a função após a Eurocopa, Flick garantiu que não há nada decidido sobre o assunto.

"Meu futuro ainda não está claro, não houve negociações com Oliver Bierhoff (diretor da Federação Alemã de Futebol)", destacou.

"A seleção nacional é uma possibilidade que qualquer treinador deve levar em consideração, mas primeiro devo digerir tudo isso. As últimas semanas não foram fáceis", afirmou sobre a opção de ser o substituto de Löw, um boato que está se fortalecendo há muito tempo.

ylf/sr/lca