Bauza se reúne com presidente da AFA, mas não tem futuro definido

A situação de Edgardo Bauza na seleção argentina segue indefinida. Nesta quinta-feira, o treinador se reuniu com membros da Federação Argentina de Futebol (Afa), e, neste momento, segue como técnico da equipe.

Leia mais:

Batistuta defende que Icardi tenha oportunidade na seleção argentina

O novo presidente da entidade que rege o futebol do país, Claudio Tapia, esteve com o ex-são-paulino e garantiu, por enquanto, a permanência de Bauza. “Quem disse que iríamos demitir Edgardo Bauza?”, questionou o mandatário, ao Olé.

De acordo com a publicação, porém, a Afa está convencida de que o treinador não é o ideal para comandar a equipe. No entanto, a falta de opções faz com que ele permaneça, pelo menos neste momento.

A avaliação da Federação é de que Diego Simeone não deseja assumir o cargo agora, enquanto Marcelo Gallardo está focado no River Plate, sua atual equipe. A opção seria Jorge Sampaoli, que já demonstrou interesse em comandar os hermanos. Este, porém, está empregado, no Sevilla.

Como o próximo compromisso da Argentina é apenas em junho, em amistoso contra o Brasil. Assim, há tempo para a Afa tomar a decisão sobre o comando técnico da seleção.

A fase do país bicampeão mundial não é boa. Com 22 pontos, o time está em quinto nas Eliminatórias e, neste momento, dependeria de repescagem, contra um representante da Oceania, para ir ao Mundial da Rússia, no próximo ano.