Batistuta defende Messi de críticas: "Estão matando ele"

Gabriel Batistuta, ex-atacante argentino, defendeu Lionel Messi após as críticas ao camisa 10 do Barcelona e da Albiceleste, pela suspensão nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Segundo ele, que se aposentou em 2005, a pressão sobre o principal jogador do país é muito exagerada.

"Estão matando Messi. Se ele não quisesse vir defender a seleção da Argentina, teria inventado uma lesão e ficaria na Europa" afirmou Batistuta, defendendo o compatriota.

Gabriel Omar Batistuta
(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:
CR7: "A cada temporada melhoro" | Coutinho bate recorde | Timão bem na Sul-Americana

Suspenso por quatro partidas pela Fifa, após discutir e xingar o assistente brasileiro Emerson Augusto de Carvalho, na vitória por 1 a 0 da Argentina sobre o Chile, Messi novamente vem sendo questionado no país sul-americano, por falta de vontade na seleção.

Batistuta também opinou sobre a situação de Edgardo Bauza, atual técnico da Argentina. "Para mim ele deve continuar. Mas acho que terão mudanças. Sampaoli é um bom treinador, mas não sei se poderia ser treinador da Argentina. Simeone está condenado a ser um dia, mas é preciso esperar".