Barroca não garante Gatito no primeiro jogo do Botafogo em 2021: 'Ainda sente dor no joelho'

LANCE!
·1 minuto de leitura


A sina pelo retorno de Gatito Fernández aos gramado deve continuar. Eduardo Barroca afirmou, após a derrota para o Corinthians, no último domingo, que o goleiro ainda está entregue à transição muscular e sente dores. Por isto, não o garantiu para a partida contra o Athletico Paranaense, no dia 6 de janeiro, a primeira de 2021.

Fora de combate desde setembro, o camisa 1 do Alvinegro tem uma lesão no joelho que se agravou após ele ter atuado pela seleção do Paraguai com um problema leve na região.

- Não existe previsão nenhuma a curto prazo. O Gatito ainda sente dor no joelho, está entregue à transição e é goleiro, então precisa fazer movimentos específicos, fazer um passo a passo. Primeiro fechar a transição, parar de sentir dor. Está se esforçando, é um cara que está aqui de manhã, de tarde querendo estar junto com a gente. Ele quer ajudar, extremamente comprometido. Mas ainda sente dor, não está 100% recuperado. Qualquer pessoa que fale sobre em prazo sobre o Gatito estará errada - afirmou o treinador.

O paraguaio voltou a fazer atividades com bola - ainda em um nível leve - há uma semana e deu esperanças à torcida do Botafogo. Eduardo Barroca, contudo, fez questão de esclarecer que Gatito ainda pode estar um pouco longe de retornar às quatro linhas.