Barrios faz três gols, e Grêmio vence na Libertadores

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O nome da noite nesta quinta-feira (27) na Arena do Grêmio foi o atacante Lucas Barrios. O jogador marcou três gols e foi peça fundamental na goleada por 4 a 1 do Grêmio diante do Guarani-PAR. O resultado encaminhou a vaga gremista à próxima fase.

Barrios foi fundamental. Fez tudo que se espera de um centroavante. No primeiro gol, recebeu cruzamento de Luan e contou com uma falha defensiva do time paraguaio para marcar.

O segundo gol surgiu de uma jogada tramada por Ramiro e Marcelo Oliveira. O ex-palmeirense recebeu um passe rasteiro para dominar e tirar do goleiro Aguilar.

O time paraguaio ainda conseguiu descontar no primeiro tempo. Após cruzamento na área gremista, o lateral Léo Moura tentou afastar com o peito mas fez contra.

Ainda na primeira parte do confronto, Arthur, que entrou no lugar do lesionado Miller Bolaños, sofreu o pênalti. Luan tentou converter em gol para o Grêmio, mas parou no goleiro Aguilar.

Além de sofrer pênalti, Arthur gerou uma expulsão de um jogador adversário. No fim da etapa inicial, ao tentar cobrar rápido uma falta que havia sofrido, o gremista tentou tirar a bola das mãos de Camacho. O paraguaio se irritou e agrediu o brasileiro - acabou sendo expulso pelo árbitro.

Com um a mais, o time da casa conseguiu ampliar ainda no primeiro tempo. Aos 48min, Pedro Geromel se antecipou num escanteio e desviou para o gol.

Já na segunda etapa, Barrios deixou o terceiro dele e quarto da equipe tricolor. Ele bateu forte após receber de Lincoln. O atacante ainda foi substituído aos 35min da etapa final e aplaudido de pé pelos presentes.

O Grêmio chegou aos 10 pontos no grupo 8. Contra 7 do Guarani-PAR, segundo colocado, e 6 do Deportes Iquique-CHI, terceiro. O quarto, Zamora-VEN, está eliminado e ainda não pontuou.

A duas rodadas do fim da fase de grupos, o Grêmio precisa de um ponto para se classificar às oitavas de final. Na última rodada, o time gremista encara o já eliminado Zamora, em casa.

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jaílson, Ramiro, Bolaños (Arthur), Pedro Rocha e Luan (Lincoln); Barrios (Everton). Técnico: Renato Gaúcho

GUARANI-PAR

Alfredo Aguilar; Rolón, Nery Bareiro, Cabral e Bartomeus; Palau, Juan Aguilar, Pittoni (Martinez), Marin (Contrera) e Camacho; Garcia (López). Técnico: Daniel Garnero

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Patrício Lostau

Cartões amarelos: Pittoni (GUA); Arthur (GRE), Barrios (GRE);

Cartões vermelhos: Camacho (GUA)

Gols: Lucas Barrios, do Grêmio, aos 7min e aos 28min do primeiro tempo e aos 31min do segundo tempo; Léo Moura, do Grêmio, contra, aos 34min do primeiro tempo; Pedro Geromel, do Grêmio, aos 48min do primeiro tempo