Barcelona renova com Ansu Fati e aumenta multa para R$793 milhões

Ansu Fati ao lado do presidente Josep Maria Bartomeu (Foto: Divulgação)
Ansu Fati ao lado do presidente Josep Maria Bartomeu (Foto: Divulgação)


Nesta quarta-feira, por meio de suas redes sociais, o Barcelona anunciou a renovação de contrato de Ansu Fati, de apenas 17 anos de idade, uma das joias da base do clube, até 2022, com um aumento da multa rescisória de 100 milhões de euros (R$466.5 milhões) para 170 milhões de euros (R$ 793 milhões).

Segundo o clube, em comunicado, quando Fati assinar um contrato de profissional com o Barcelona, a cláusula de rescisão será de 400 milhões de euros (R$1.8 bilhões).

- Trabalhar todos os dias com os melhores é um sonho e também uma recompensa. A partir de agora, o que tenho que fazer é continuar trabalhando, ainda mais do que nunca, para ter chances e continuar me divertindo. O resto virá depois - disse Fati ao site do clube.

Ansu Fati se tornou o jogador mais novo a vestir a camisa do Barcelona desde 1941, com 16 anos e 304 dias de idade, e teve uma ascensão meteórica nesta temporada, quando estreou pelos profissionais do Barcelona. Com apenas dois jogos pelo clube, marcou seu primeiro gol contra o Osasuna, em um empate por 2 a 2, e virou o jogador mais novo a marcar pelo Barcelona no Campeonato Espanhol. Na Liga dos Campeões, Ansu Fati se tornou o jogador mais jovem (16 anos e 322 dias) a entrar em campo pelo Barça na era moderna da competição, disputada desde 1992.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também